Negócios

Conheça a fórmula que levou o Snapchat a valer US$ 20 bi

Getty Images

Getty Images

Em sua última rodada de investimentos, realizada na semana passada, o Snapchat conseguiu levantar US$ 1,8 bilhão, o que aumentou o valor de mercado da companhia para US$ 20 bilhões. Nada mal para uma empresa que teve como rendimento, em 2015, somente US$ 59 milhões.

Os motivos que levantaram o valor da rede social nos últimos dois anos não são nenhum mistério. O aplicativo de fotos e vídeos tem a projeção de render US$ 250 milhões este ano e US$ 1 bilhão em 2017, indo de 50 milhões de usuários em dezembro de 2014 a 110 milhões no mesmo mês do último ano.

VEJA MAIS: 7 apps para ajudar seu negócio a crescer no Facebook

O crescimento não se limitou aos Estados Unidos. Ao redor do mundo, a rede social cresce rapidamente a cada mês e a companhia estima que 10 bilhões de vídeos sejam compartilhados por dia.

Em 1927, Fred Bernard disse a célebre frase “uma imagem vale mais do que mil palavras”. A humanidade sempre foi fascinada por este tipo de comunicação, mas poucos tinham acesso real a pinturas e fotografias até pouco tempo. Hoje, compartilhar fotos não custa quase nada, desde que o indivíduo tenha um celular e um bom plano de dados.

E AINDA: 13 dicas para tirar seu negócio do papel antes dos 30

Quase todos os tipos de comunicação passam por um processo de acessibilidade e barateamento dos custos. Em vez de ler um livro de papel, é possível baixá-lo pela internet a um preço muito menor. Em vez de alugar uma enciclopédia em uma biblioteca, basta uma rápida pesquisa no Google. Em vez das tradicionais revistas, sites de fofocas cumprem o mesmo papel – e com mais rapidez e em maior quantidade.

O Snapchat captou a essência das novas gerações e investiu em uma rede social em que somente fotos e vídeos são aceitos, com pouco ou nenhum tipo de texto. A informação em forma de imagens é muito mais importante e atrativa para quem cresceu usando a internet.

RANKING: 50 maiores empresas do mundo em 2016

Esta rede social facilita a comunicação ao abolir a descrição: para contar sobre um lugar que visitou, basta a pessoa gravar vídeos ou mandar fotos para todos os seus amigos. Não foi a criação de um novíssimo conceito, mas o reaproveitamento de um estilo de vida que já se popularizou entre os jovens.

Comentários
Topo