Negócios

Fundação Gates doa US$ 80 mi para pesquisa sobre desigualdade de gênero

Getty Images

Getty Images

A Fundação Bill & Melinda Gates irá doar US$ 80 milhões durante os próximos três anos para promover estudos sobre a condição de vida de mulheres ao redor do mundo.

VEJA MAIS: 70 maiores bilionários do mundo em 2016

Melinda Gates, que já doou mais de US$ 29 bilhões junto com seu marido, fez o anúncio ontem (17), durante uma conferência para mulheres em Copenhague, Dinamarca.

A doação servirá, principalmente, para a coleta de dados que deverão apontar onde ficam as maiores diferenças econômicas e sociais entre os gêneros, com foco nos países em desenvolvimento.

E AINDA: 31 maiores bilionários brasileiros

“Não podemos acabar com a diferença de gênero se não soubermos onde ela está”, disse. “Nós não sabemos o suficiente sobre as barreiras que nos seguram para podermos combatê-las.”

O plano é calcular, por exemplo, quanto tempo as mulheres passam trabalhando sem receber por isso e o quanto isso pode afetar no acesso à educação. A doação quer ajudar a atingir o objetivo das Nações Unidas de acabar com a desigualdade de gênero até 2030.

Comentários
Topo