Negócios

Montadora chinesa quer dominar mercado de carros elétricos

Depois de subsídios e incentivos de seu país de origem, a companhia chinesa BYD conseguiu abaixar o preço do carro elétrico BYD E-6 Crossover, único modelo da montadora à venda nos Estados Unidos, para US$ 35 mil. O valor ficou abaixo da média dos elétricos da Tesla, que saem por US$ 61 mil.

O veículo chinês só não bateu o concorrente mais acessível do mercado, Chevy Voltand, porque o carro de um lugar só custa cerca de US$ 31 mil.

VEJA MAIS: Tesla quer produzir carro que metade da população possa comprar

A BYD está no caminho para se tornar uma das 500 companhias mais ricas do mundo. “Uma nova era começou para os veículos chineses”, diz Wnag Chuanfu, chairman da montadora. As vendas da companhia bateram o recorde histórico da empresa, chegando a quase US$ 12,3 bilhões, um crescimento de 37% em apenas um ano. As vendas da Tesla no mesmo período foram de US$ 3,1 bilhões.

E AINDA: Como será o futuro dos carros autônomos no mundo

Chaunfu acredita que a China tem uma demanda crescente de veículos movidos a energia elétrica, o que pode aumentar ainda mais as vendas nos próximos anos. “Se a tendência de crescimento do mercado continuar, nós seremos umas das principais montadoras do mundo até 2017.”

A produção de carros elétricos na China chegou a 330.000 unidades no último ano, o que corresponde a um crescimento de 300% em relação a 2014.

O país tem atraído investidores que querem colocar dinheiro na novidade do mundo automobilístico. Escritórios como Sequoia Capital e Joy Capital já investiram mais de US$ 1 bilhão nos modelos da montadora.

RANKING: 30 pessoas que estão mudando o mundo em 2016

A China tem feito movimentos para ir da poluição extrema a um símbolo de economia verde. O governo atual já declarou que as vendas de veículos elétricos deve chegar a 3 milhões de unidades em 10 anos.

Em fevereiro, o premier chinês, Li Keqiang, pediu para que o setor privado invista em postos de gasolina, instalando recarregadores de bateria.

MAIS RANKING: 70 maiores bilionários do mundo em 2016

A Tesla, do seu lado, continua a crescer. Liderada pelo bilionário Elon Musk, a montadora já percebeu que os chineses têm capital e tecnologia para construir modelos muito similares aos seus.

As duas companhias continuam com os mesmos problemas em relação à indústria petrolífera. O novo Toyota Corolla, por exemplo, custa US$ 18 mil e roda 60 km com um litro de gasolina.

NEGÓCIOS: Elon Musk planeja viagem a Marte até 2018

O mercado dos carros elétricos é novo e muda com muita velocidade por conta das novas tecnologias que são desenvolvidas todos os dias, e os chineses acabam de entrar de vez na competição.

Veja o modelo BYD E-6 Crossover na galeria de fotos:

  • BYD E-6 Crossover

  • BYD E-6 Crossover

  • BYD E-6 Crossover

  • BYD E-6 Crossover

BYD E-6 Crossover

Comentários
Topo