Negócios

Médico aposta em plataforma de inovação em saúde e se torna bilionário

inovalon

A popularidade crescente do mercado de dados acaba de incluir um novo empreendedor na lista dos bilionários. Keith Dunleavy, fundador da firma Inovalon, acaba de ver sua fortuna chegar aos bilhões após as ações de sua companhia Bowie terem crescido 7%. A parte de Dunleavy foi avaliada em US$ 1 bilhão após o fechamento da bolsa de valores na última sexta-feira (20).

Em sua trajetória profissional, o bilionário estudou biologia e engenharia na Dartmouth College, em New Hampshire (EUA). Após o primeiro ano na universidade, Dunleavy teve que começar a pagar sua própria mensalidade, o que o motivou a abrir sua primeira companhia de programação. Depois de se formar, ele se mudou para Boston, cidade em que fez o doutorado na escola de medicina de Harvard.

No ano de 1998, Dunleavy abriu a Inovalon, que começou de forma pequena e sem retornos financeiros. No começo, a companhia era especializada em validar e reunir dados de clínicas, médicos e assistência médicas.

Atualmente, os serviços da empresa incluem: análise de informações de exames, resultados de laboratórios e até histórico de doenças, o que permite ao médico observar os dados dos pacientes antes mesmo de uma consulta. A plataforma tem em seus registros mais de 130 milhões de cidadãos norte-americanos.

Comentários
Topo