Negócios

Como a estilista de Beyoncé fez de um limão uma limonada

Reprodução

Reprodução

Nos últimos anos, Beyoncé ganhou o mundo. Seu álbum “Lemonade” é o mais vendido de 2016, ela foi eleita por FORBES como uma das mulheres mais influentes do mundo e é uma das mais ricas do planeta a fazer sua própria fortuna.

Além do sucesso profissional e musical, a cantora também é dona de outros recordes: foi eleita, este ano, como a mais bem vestida do tradicional baile de gala do Metropolitan, em Nova York, e é constantemente lembrada como uma referência da moda.

VEJA MAIS: 9 dos casais mais poderosos do mundo

Isso, no entanto, nem sempre foi assim. No início dos anos 2000, fãs e críticos da área apontavam falhas no estilo da artista. Foi quando a parceria entre ela e a estilista Zerina Akers foi firmada que a história começou a mudar.

Akers é a responsável por montar a maioria dos looks que a cantora posta em seu Instagram, usa em shows e nos clipes. Formada em Fashion Design no Instituto de Artes da Filadélfia, ela começou sua carreira na “W Magazine” antes de se mudar para Nova York para uma pós-graduação no Laboratory Institute of Merchandising.

E AINDA: As mulheres mais ricas de 2016 que construíram a própria fortuna

Depois de um intercâmbio na Universidade de Westminster e um estágio como relações públicas na grife Stella McCartney, ela voltou, em 2011, aos Estados Unidos para trabalhar na Brooks Brothers como coordenadora de catálogos da marca. Em 2014, ela foi indicada para trabalhar como estilista pessoal de Beyoncé.

A designer de moda aprendeu a costurar com sua avó, Yolanda Spalding. Já no Ensino Médio, ela lançou sua própria linha de roupas e nunca mais parou. Recentemente, ela lançou seu próprio site, com dicas e portfólio de suas criações.

Zerina fez parte do time que montou o álbum visual Lemonade. A curadoria de roupas da cantora no clipe-documentário, lançado pela HBO, é toda dela, assim como as dos dançarinos e participantes especiais.

Comentários
Topo