Negócios

Fundo soberano da Arábia Saudita injeta US$ 3,5 bilhões no Uber

Divulgação

Divulgação

O fundo soberano da Arábia Saudita injetou, na última quarta-feira (1), US$ 3,5 bilhões no Uber, companhia de transporte particular. A quantia foi anunciada depois de a empresa norte-americana ter firmado uma parceria com a Toyota, a maior montadora de carros do mundo, para produzir uma frota própria de carros.

O Uber já arrecadou mais de US$ 12,5 bilhões desde sua fundação, em 2010. Atualmente, empresa é avaliada em US$ 60 bilhões.

VEJA MAIS: 25 mulheres mais poderosas do mundo em 2016

A Lyft, principal rival da companhia nos Estados Unidos, conseguiu, em janeiro deste ano, um investimento da General Motors de US$ 1 bilhão. A Gett, outra empresa concorrente no país, conseguiu US$ 300 milhões da Volkswagen. Na China, a líder de corridas particulares, Didi Kuaidi, recebeu US$ 1 bilhão da Apple e afirma que, depois de terminada a atual rodada de investimentos, ultrapassará os US$ 3,5 bilhões do Uber, mantendo a liderança do mercado.

Documentos vazados em janeiro deste ano mostram que a companhia californiana perdeu cerca de US$ 2 bilhões em 2015. Representantes da Lyft, em entrevista à FORBES, disseram que a empresa se aproveitou das perdas da líder do mercado norte-americano para ampliar seus investimentos.

E AINDA: Concorrente do Uber já tem 7 mil candidatos cadastrados em SP

O Uber, no entanto, continua a receber investimentos de grandes companhias do país. A Tiger Global, que já havia investido nas concorrentes, foi uma das que injetou dinheiro na empresa este ano.

Comentários
Topo