Negócios

Zuckerberg decide manter Peter Thiel no conselho do Facebook

Getty Images

Getty Images

O investidor Peter Thiel continuará como membro do conselho de administração do Facebook, de acordo com decisão tomada durante o encontro anual de acionistas da companhia, nesta última segunda-feira (20).

FORBES foi o primeiro veículo a noticiar que Thiel está financiando uma série de processos contra o grupo de notícias Gawker Media, sem que seus parceiros soubessem. No final de maio, o ex-lutador Hulk Hogan, patrocinado pelo investidor, ganhou uma das ações contra o site. A multa de US$ 140 milhões fez com que a companhia entrasse com um pedido de falência na justiça norte-americana.

VEJA MAIS: 5 mulheres que ficaram milionárias depois dos 40

Mark Zuckerberg, fundador e acionista majoritário do Facebook, foi um dos que votou pela permanência de Thiel no conselho. Críticos dizem que a situação é prejudicial à imagem de liberdade de expressão que a rede social luta para defender.

Em uma entrevista anterior, Sheryl Sandberg, chefe operacional da empresa, já havia dito que Thiel iria permanecer no grupo, já que “suas ações não foram feitas em nome da companhia”.

O investidor, cofundador do PayPal, foi o primeiro a injetar dinheiro no Facebook e é membro do conselho administrativo desde abril de 2005.

Comentários
Topo