Negócios

A mulher que está revolucionando a desigualdade de gênero no Vale do Silício

Reprodução

Reprodução

Colocar mais mulheres em posições de liderança no Vale do Silício é a prioridade da veterana Sukhinder Singh Cassidy. A ex-executiva do Google e CEO da loja online de filmes Joyus começou em julho do ano passado a campanha #ChoosePossibility, que luta pela igualdade de gênero no mundo tecnológico.

A primeira iniciativa da empresária foi o Boardlist, uma plataforma que conecta mulheres líderes e capacitadas a empresas com vagas abertas.

VEJA MAIS: As bilionárias mais poderosas de 2016

Uma recente pesquisa da agência norte-americana Catalyst mostra que colocar mais mulheres em cargos de liderança é não somente algo necessário à igualdade de gênero como também faz bem para os negócios. Empresas com mais mulheres tendem a ter uma performance financeira melhor, segundo o estudo. Ainda assim, 75% das empresas dos Estados Unidos são lideradas por homens e somente 18% delas têm, ao menos, uma mulher no conselho administrativo.

No último ano, a Boardlist conseguiu colocar Karla Martin, ex-diretora global de estratégia de business do Google, no topo da Challenged, Deirdre Bigley, ex-chefe de escritório da Bloomberg, no conselho da Shutterstock, e Betsy Rafael, ex-vice-presidente da Apple, no conselho da Shutterfly.

E AINDA: 5 mulheres que ficaram milionárias depois dos 40

Cassidy espera mais colocações como essas para este ano. “Já temos 650 empresas e 1.200 mulheres cadastradas”, conta. No último ano, 30 cargos de gerência e liderança foram preenchidos com indicações da plataforma.

Comentários
Topo