Negócios

Aplicativo que recomenda babás fatura mais de US$ 23 milhões nos EUA

iStock

iStock

Lynn Perkins, a CEO do serviço de babás online norte-americano UrbanSitter, já foi corretora de imóveis, gerente de hotel e gestora de sites antes de começar no negócio que iria mudar a sua vida.

Mãe de gêmeos desde 2010, Perkins passou por algumas situações em que precisou remanejar sua agenda para suprir a falta de babás no dia a dia. As que considerava confiáveis acabavam sempre cancelando de última hora ou partindo para outros lugares.

VEJA MAIS: A mulher que está revolucionando a desigualdade de gênero no Vale do Silício

A inspiração veio com o sistema OpenTable, que reserva mesas em restaurantes pela internet. “Percebi que aquilo dava certo porque as pessoas podiam avaliar na hora o serviço e recomendá-lo para outros clientes”, disse.

Depois de anos ajudando amigas e parentes a encontrar pessoas confiáveis para cuidar de suas crianças, a norte-americana começou a planejar o próprio serviço sob demanda online. “Eu sabia que o nicho de mercado era muito grande e que essa tecnologia seria a salvação de muita gente.”

E AINDA: As bilionárias mais poderosas de 2016

Por uma taxa mensal de US$ 14,95, os pais que usarem o UrbanSitter podem se conectar ao Facebook e encontrar as recomendações de seus amigos e parentes, além de checar novas babás que estejam disponíveis perto da casa, da escola ou qualquer outro lugar em que a criança passe. Até hoje, o aplicativo já rendeu mais de US$ 23 milhões.

Para quem precisar do serviço com urgência, cerca de 25% de todos os profissionais cadastrados no site estão disponíveis 24 horas por dia, nos Estados Unidos. São mais de 120.000 babás na base de dados, que respondem quase simultaneamente ao pedido. A média de tempo de resposta é de 3 minutos, resultado de um investimento massivo em tecnologia para celular.

Comentários
Topo