Negócios

Conheça o carro autônomo da BMW que deve chegar às lojas em 2021

Reprodução

Reprodução

Alguns dizem que, a partir da metade do século XXI, nós já não precisaremos dirigir pelas cidades. Até lá, mais de três quartos da população mundial estará vivendo em áreas urbanas e, provavelmente, andando em carros autônomos.

De olho no futuro, a BMW, a Intel e Mobileye lançaram uma parceria para a produção de carros inteligentes durante a próxima década.

Especialista em sistemas de reconhecimento facial, a companhia israelense líder na fabricação de câmeras de monitoramento Mobileye vai desenvolver os sensores capazes de diferenciar pedestres, carros, postes e outros obstáculos das vias.

VEJA MAIS: Companhia chinesa lança carro-conceito movido a energia solar

O uso de câmeras será apenas um dos recursos usados para traçar a rota dos veículos. Sistemas de adaptação do solo e controle de movimentos também já estão sendo testados, mas até agora, só foram vistos separadamente. A ideia da parceria é juntar todas essas tecnologias em um dispositivo só.

É aí que entra a experiência da Intel no setor. Líder na fabricação de processadores desde os anos 1990, a companhia não conseguiu acompanhar o mercado de smartphones, mas pretende liderar o de veículos.

E AINDA: S90 e V90 da Volvo chegam ao mercado americano

Os modelos atuais usam de 50 a 100 componentes eletrônicos em sua montagem. A ideia é que a Intel, à medida em que a nova tecnologia for desenvolvida, consiga diminuir esse número mesmo em carros tripulados.

Neste ano, a BMW anunciou o iNext em comemoração ao centenário da montadora. O modelo é um conceito de veículo autônomo, que deve sair do papel nos próximos anos.

As três companhias já definiram o calendário da produção e os testes devem começar no início de 2017. A intenção é que os modelos fiquem prontos para uso comercial até 2021.

Comentários
Topo