Negócios

Cielo é eleita uma das 100 empresas mais inovadoras do mundo

Divulgação

Divulgação

A Cielo é a única empresa brasileira a entrar no ranking de FORBES das 100 companhias mais inovadoras do mundo em 2016. Na 52ª posição, a processadora de pagamentos ficou à frente de multinacionais conhecidas, como a Coca-Cola, marca avaliada em quase US$ 200 bilhões.

RANKING: 70 maiores bilionários do Brasil em 2016

A montadora de carros elétricos Tesla, do bilionário Elon Musk, manteve-se no topo pelo segundo ano consecutivo graças ao lançamento do Model 3, no início deste ano. Este foi considerado o maior passo nos 13 anos de história da marca por ser o primeiro modelo popular da companhia.

A Salesforce, antiga número um da lista, ocupa a segunda posição desde o ano passado. A companhia de softwares on demand, avaliada em quase US$ 52 bilhões, é autora da Inbox Calendar, uma agenda inteligente que reúne informações para auxiliar vendedores de empresas a se conectarem a seus clientes.

MAIS RANKING: 50 maiores empresas do mundo em 2016

O Top 10, no entanto, não é dominado por montadoras ou companhias da área de tecnologia. É a indústria farmacêutica que dá as cartas com cinco representantes: Regeneron, Incyte, Alexion, Vertex e BioMarin. O conglomerado Unilever, o energético Monster e a esportiva Under Armour fecham o grupo do topo.

Neste ano, o ranking teve setores variados: da Brown-Forman, que faz o uísque Jack Daniels, à Bard, farmacêutica norte-americana que faz remédios para tratamentos urológicos. Outras marcas internacionais que operam no Brasil e aparecem na lista são Amazon (11ª), Netflix (15ª), LG (19ª) e Starbucks (42ª).

NEGÓCIOS: 6 pequenas empresas líderes no Brasil

Para entrar na lista, as empresas precisam ter rentabilidade mínima de US$ 10 bilhões por ano. Com ajuda de oito instituições, FORBES avalia propostas de mercado, novos produtos e até a publicidade dos negócios.

Comentários
Topo