Negócios

“Esquadrão Suicida” é um desastre maior que “Batman vs Superman”

suicide-squad-will-smith-margot-robbie-1200x802

(Warner Bros.)

Reclamar de um filme que fez US$ 134 milhões em bilheteria na semana seguinte a sua estreia pode ser um pouco contraproducente. Porém, assim como o lançamento de “Batman vs Superman”, o mais novo filme de David Ayer, “Esquadrão Suicida”, também coloca a DC em uma situação complicada. O filme ganhará muito dinheiro, mas a DC Comics precisará se redimir com o próximo lançamento.

As circunstâncias por trás de sua construção e do potencial desperdiçado não deixa só o espectador pensando se essa franquia pode ser salva, mas também se ela deve se salvar?”

LEIA MAIS: Ficção x realidade: 40 celebridades e poderosos no cinema e na vida real

O “Esquadrão Suicida” era pra ser um estouro logo depois da DC Comics lançar o “Homem de Ferro” e “Batman vs Superman”. Ambos foram grandes sucessos de bilheteria (US$ 668 milhões e US$ 872 milhões, respectivamente), mas deixaram a Warner Bros./Time Warner um pouco na defensiva sobre o que produzir em seguida. Apesar de tudo, “Esquadrão Suicida” foi significantemente pior que os outros dois.

A natureza da sua falha artística põe a DC Comics em uma saia mais justa ainda do que estava quando “Batman vs Superman” foi lançado em março – no momento do lançamento, pelo menos se esperava que o aguardado “Esquadrão Suicida” seria a luz no fim do túnel, o que claramente não aconteceu. Mas quantos filmes ruins a DC Films ainda pode lançar antes que a audiência perceba que assistir esses filmes nas telonas não compensa?

LEIA MAIS: Cinema ao ar livre em Ibiza promete tirar o fôlego do espectador

Não é só filme que é ruim, mas também a capacidade dele acabar com qualquer otimismo a longo prazo no universo DC. Diga o que quiser sobre o momento “Martha” no “Batman vs Superman”, mas essas cenas sempre serão lembradas por futuras gerações e, talvez, até pedirão para que apareçam em um reboot. Isso só aconteceria com “Esquadrão Suicida” se o filme tivesse um vilão tão interessante quanto o Lex Luthor de Jessee Eisenberg.

“Esquadrão Suicida” é um dos filmes mais facilmente esquecíveis da DC, com tanto medo de oferecer alguma coisa que se destaque visualmente ou em questão de narrativa que o faça realmente “aparecer”.

LEIA MAIS: 10 filmes que todo profissional de finanças deve assistir

Não se sabe se a versão de David Ayer era melhor (é sabido que o filme passou por dezenas de edições e cortes radicais). Porém, é no mínimo engraçado que de uma linha de filmes mais obscuros (Batman/Super-Homem/Mulher Maravilha), o resultado da produção da DC seja um filme mais suave como “Esquadrão” foi.

O dano causado pelo filme foi multiplicado simplesmente porque ele era a principal esperança após “Batman vs Superman”. A situação atual do universo da DC é, na verdade, de desapontamento e falha. Apenas resta a esperança que a “Mulher Maravilha”, de Patty Jenkins, salve a DC no ano que vem.

Comentários
Topo