Negócios

Ex-engenheiros do Google querem criar caminhão autônomo

iStock

iStock

Os investimentos do Google em carros autônomos criaram uma verdadeira corrida entre empresas de tecnologia para a fabricação dos componentes destes novos modelos, previstos para 2020.

Entre elas, a Otto é uma startup de San Francisco criada em janeiro deste ano por dois ex-engenheiros do Google, Lior Ron e Anthony Levandowski. Eles se preparam para oferecer serviços de sensores, softwares, câmeras e radares para a gigante do Vale do Silício e, por enquanto, é a única ultraespecializada do setor.

VEJA MAIS: Sonda Curiosity passa a ter laser autônomo

Uma das áreas em que a dupla está se especializando são caminhões que usem a tecnologia dos autônomos apresentada pelo Google. “É muito mais fácil, nas rodovias não existem pedestres e nem muitas manobras a serem feitas”, disse Ron, em comunicado.

Por enquanto, o time de 90 pessoas da startup está equipando um Volvo 780 com a tecnologia, que deve passar por alguns testes no deserto de Nevada. A ideia da companhia é fornecer uma opção para os motoristas que passam mais de 10 horas na estrada todos os dias e que dirigem cansados.

Comentários
Topo