Negócios

O embate de 1 trilhão de dólares entre Hillary Clinton e Donald Trump

Getty Images

Getty Images

Donald Trump está constantemente avisando seus eleitores em relação ao que ele poderia chamar de “política fiscal de US$ 1 trilhão” de Hillary Clinton. Isso porque a candidata à presidência dos Estados Unidos pelo partido Democrata já anunciou uma série de aumentos da carga tributária norte-americana, caso seja eleita.

VEJA MAIS: Trump sugere que apoiadores dos direitos às armas “dêem um jeito” se Hillary for eleita

O aumento, no entanto, deverá atingir principalmente os cidadãos mais ricos do país, já que a proposta principal é tributar quem recebe acima de US$ 250.000 por ano. A candidata também já declarou a intenção de aumentar as taxas sobre os refrigerantes e a de subir em 25% os impostos sobre a venda de armas.

Economistas dizem que a proposta de Clinton pode custar US$ 1 trilhão ao bolso dos norte-americanos nos próximos dez anos. Ainda que sua proposta mire nos mais ricos, é provável que a política fiscal democrata, caso ela seja eleita, atinja milhões de cidadãos do país.

Comentários
Topo