Negócios

Cofundador do LinkedIn promete doar US$ 5 mi se Trump liberar sua declaração de IR

Getty Images

Reid Hoffman

Reid Hoffman, o bilionário e cofundador do LinkedIn, disse que irá doar US$ 5 milhões de sua fortuna se Donald Trump liberar sua declaração de imposto de renda até o último debate presidencial, previsto para o dia 19 de outubro.

Ontem (12), o empresário publicou um post no site “Medium” contando sobre um crowdfunding organizado por Pete Kiernan, um ex-militar de 26 anos que pretende arrecadar US$ 25 milhões em doações para que Trump deixe público o documento em que declara todos os seus ganhos. O dinheiro será destinado a dez grupos de ex-militares que cuidam de traumas pós-guerra.

VEJA MAIS: Bilionários trocam farpas no Twitter por causa de Donald Trump

Quatro horas depois de Hoffman ter chamado atenção para a campanha, as promessas de doações já somavam US$ 43.000, contra os US$ 5.000 que se arrastavam desde o início da arrecadação, na semana passada.

O grupo escolhido para receber as doações não foi por acaso: Trump já falou inúmeras vezes que gosta muito de veteranos. Segundo o site no qual o crowdfunding está sendo organizado, o CrowPac, as doações serão encaminhadas a um nicho do qual o candidato à presidência dos Estados Unidos realmente se importa.

E AINDA: O embate de 1 trilhão de dólares entre Hillary Clinton e Donald Trump

Em seu post no Medium, o cofundador do LinkedIn lembrou da promessa do candidato republicano de 2012: de que doaria US$ 5 milhões à caridade caso o presidente Barack Obama liberasse seus registros escolares e seu passaporte. Hoffman também lembrou de que o LinkedIn deu acesso gratuito à licença Premium do site de carreira a 95.000 veteranos de guerra.

Comentários
Topo