Negócios

Com queda de petróleo, países árabes diversificam exportações para o Brasil

A recessão no Brasil em 2015 diminuiu a importação de petróleo. Seria um choque para os países árabes — se eles não tivessem como diversificar suas vendas. Itens como materiais plásticos para embalagens, sistemas de ar condicionado, perfumes e azeite estão na mira da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira.

VEJA TAMBÉM: 25 melhores países no ranking da performance global

“O mercado nacional é altamente favorável a nossos produtos e serviços. Nossa estrutura de distribuição e comercialização é sofisticada, e os consumidores estão procurando qualidade e preços competitivos”, diz o presidente da associação, Michel Alaby. E quais as mercadorias da região que mais devem ganhar espaço nos lares brasileiros? “Aposto, principalmente, em itens alimentícios, têxteis e confecções.”

Veja na galeria de fotos a seguir os gráficos que mostram as vendas de produtos de países árabes para o Brasil:

Comentários
Topo