Negócios

Hacker promete kit para qualquer carro virar autônomo até o ano que vem

Getty Images

George Hotz

O norte-americano George Hotz, que responde mais por “Geohot”, é um dos hackers responsáveis por desbloquear o iPhone para que ele fosse usado por diferentes operadoras. Na época, a façanha desmanchou os planos da Apple em disponibilizá-lo somente para a AT&T.

Depois de alguns anos trabalhando para liberar códigos de outras empresas, Hotz lançou o seu próprio negócio: uma startup de carros autônomos, a Comma.ai.

VEJA MAIS: Primeiro táxi autônomo começa a rodar em Cingapura

Na última terça-feira (13), durante a conferência de tecnologia TechCrunch Disrupt, em San Francisco, na Califórnia, o hacker disse que, até o final de 2017, sua companhia estará pronta para comercializar os seus produtos.

Em vez de produzir o próprio carro, a empresa de Hotz está fabricando aparelhos que serão colocados no retrovisor dos veículos. Ele não explicou como o dispositivo irá funcionar, mas a ideia é que a pequena máquina envie códigos para que o carro seja dirigido de maneira autônoma.

E AINDA: Companhia norte-americana desenvolve chip para carros sem motorista

No início, o kit, de US$ 999, irá funcionar somente nos carros da Honda e da Acura e na área de San Francisco.

Comentários
Topo