Negócios

China ultrapassa EUA na compra de apps na Apple

Youku

Chineses gastam US$ 200 milhões a mais com aplicativos na Apple Store do que norte-americanos (Getty Images)

Atualmente, a China é o maior mercado do mundo para os aplicativos iOS da Apple, superando os Estados Unidos, que estavam na primeira colocação desde 2010.

De acordo com as análises da empresa App Annie, os usuários chineses gastaram US$ 1,7 bilhão em aplicativos ou compras de aplicativos no terceiro trimestre de 2016, enquanto os norte-americanos gastaram menos que US$ 1,5 bilhão.

LEIA MAIS: Yuan entra para grupo exclusivo do FMI

Os gastos na loja de aplicativos da China tiveram um enorme crescimento nos últimos anos. Em abril de 2016, o país superou a receita do Japão. Entretanto, já era a número um em quantidade de downloads desde 2015.

No geral, os apps não pagos tendem a ser melhores na China, comparados aos aplicativos pagos, o que explica as menores receitas em relação aos downloads. Mas, aparentemente, esses aplicativos pagos mostraram-se bons o suficiente para colocar o país no topo das receitas do setor.

VEJA TAMBÉM: Banco chinês faz maior IPO do ano

A App Annie ainda acrescentou que 75% dos gastos em aplicativos no país vêm dos jogos, fato que não é tão surpreendente tendo em vista que o iBook e o iTunes, ambos da Apple, são proibidos no país.

Em vez de baixar ou comprar conteúdos de filmes, os consumidores chineses têm mais interesse em streamings de vídeos devido à ampla quantidade de serviços oferecidos por empresas como a Tencent, companhia de portal de serviços de internet, a Youku, site chinês de vídeos que se assemelha ao Youtube, e a iQiyi, também uma plataforma de vídeos.

Comentários
Topo