Negócios

Estreia do Galaxy S8 pode ser cancelada se a Samsung não descobrir o problema do Note7

Galaxy Note7

A empresa precisa descobrir a causa do problema do Note7 para poder lançar o Galaxy S8 (Getty Images)

A Samsung planeja lançar o Galaxy S8 em 2017. No entanto, isso pode não ocorrer caso a empresa não descubra o que causou os acidentes com o Galaxy Note7.

A companhia busca recuperar a confiança dos consumidores após o enorme desastre de relações públicas causado pelos problemas com o Note7. A empresa colocou balcões em aeroportos ao redor do mundo que oferecem ajuda e suporte imediato aos donos do aparelho sobre os problemas em voos.

SAIBA MAIS: Por que as ações da Samsung continuam a subir mesmo após acidentes

Entretanto, todos esses esforços não serão relevantes se a Samsung não descobrir o que causou os acidentes com os aparelhos e divulgar uma explicação oficial sobre o ocorrido. A empresa também precisa lançar um novo celular que seja extremamente bom para os consumidores.

O lançamento de um bom produto provavelmente acontecerá, pois a empresa produz aparelhos elogiados por consumidores e pela mídia especializada. De acordo com informações de Ewan Spence, colaborador da FORBES, o Galaxy S8 tem rumores de ter dispositivos impressionantes, como uma tela com visor 4K e sensor de impressão digital.

VEJA TAMBÉM: 50 marcas mais valiosas do mundo

Porém, se a Samsung não descobrir a causa dos incêndios, eles não conseguirão vender o próximo aparelho da linha Galaxy. De acordo com o site sul-coreano “Chosun Ilbo”, os funcionários da empresa estão trabalhando duro para descobrir o que causou os danos do Note7, e se eles não conseguirem, a reportagem afirma que os funcionários “temem que o lançamento do Galaxy S8 programado para o início de 2017 seja cancelado.”

Comentários
Topo