Negócios

Mais de 10% dos mais ricos dos EUA são imigrantes

Sergey Brin

Bilionário Sergey Brin, fundador do Google, nasceu na antiga União Soviética (Getty Images)

Os sonhadores imigrantes são uma peça chave no empreendedorismo dos Estados Unidos. Na lista das 400 pessoas mais ricas do país, 42 vieram de outros países, incluindo três casais. Apenas dois deles fizeram suas próprias fortunas, enquanto o terceiro casal é mais rico do que o republicano Donald Trump, candidato à presidência do país, cuja fortuna diminuiu US$ 800 milhões e está estimada em US$ 3,7 bilhões.

14 estrangeiros também têm uma fortuna maior do que o bilionário Donald Trump. Ao todo, os membros da lista das 400 pessoas mais ricas de FORBES têm uma fortuna conjunta de US$ 250 bilhões, vindos de 21 países diferentes.

SAIBA MAIS: 30 maiores bilionários dos Estados Unidos em 2016

O fundador do Google e presidente da Alphabet Sergey Brin lidera o grupo dos imigrantes bilionários, com uma fortuna de US$ 37,5 bilhões. Ele é um dos quatro membros da lista de FORBES que nasceu na antiga União Soviética, e mudou de Moscou para os Estados Unidos em 1979, quando ele tinha seis anos de idade.

Brin estudou na Universidade de Stanford para se tornar Ph.D., onde ele conheceu Larry Page, e depois largou os estudos para começar o Google. Ele seguiu com a pesquisa do Arm “X”, projeto que desenvolveu um sistema para reduzir os problemas em computadores, que é responsável por seus projetos de carros autônomos há anos.

VEJA TAMBÉM: 10 cidades norte-americanas com mais imigrantes

Outros destaques da lista são Elon Musk, o CEO da Tesla, o investidor George Soros e o casal Andrew e Peggy Cherng, da Panda Express.

Comentários
Topo