Negócios

Samsung dará crédito de US$ 100 para consumidores trocarem Note 7

Galaxy Note7

Companhia quer reparar os danos gerados pelo lançamento do Galaxy Note 7 (Getty Images)

Após as explosões de bateria e dois recalls, a Samsung anunciou nesta quinta-feira (13) que dará um crédito de US$ 100 para os consumidores que trocarem o Galaxy Note7 por outro smartphone da marca.

A empresa divulgou a notícia na página oficial do Note7, onde afirma também que o recall foi expandido para todos os dispositivos do Galaxy Note7. A companhia também orienta que os clientes que ainda possuem o aparelho devem desligá-lo e devolvê-lo no local de compra.


SAIBA MAS: Por que as ações da Samsung continuam a subir mesmo após acidentes

A oferta, que teve início ontem (13), está disponível apenas para os consumidores dos Estados Unidos, porque, segundo a marca, os outros países possuem um programa diferente nesses casos de recall.

“Como um sinal do nosso apreço pela sua paciência e lealdade, estamos oferecendo um crédito de US$ 100 se você trocar o Galaxy Note7 por outro smartphone da Samsung, menos o crédito já concedido pela empresa”, afirmou a Samsung.

Se o usuário já tiver trocado o Note7 para outro smartphone Samsung, ele “vai receber um crédito de conta de US$ 75, além dos US$ 25 já recebidos anteriormente.” Mesmo se o consumidor decidir trocar o Note7 por outra marca, ou pedir um reembolso, ele ainda receberá um crédito de US$ 25.

LEIA TAMBÉM: O que Samsung, Boeing, Dell e Tesla têm em comum? Baterias explosivas

“Nós apreciamos a paciência dos nossos consumidores, transportadores e varejistas parceiros por carregarem esse fardo durante tempos tão desafiadores. Nós estamos comprometidos a fazer tudo o que pudermos para fazer isso direito”, afirmou o COO e presidente da Samsung Electronics America, Tim Baxter, em um comunicado.

Alguns questionamentos ainda permanecem apesar do cancelamento do Note7. A Samsung não dá uma explicação sobre o que causou o problema. Há também algumas questões em relação à queda das finanças, estimada em US$ 17 bilhões. Entretanto, o valor só será revelado quando Samsung divulgar os ganhos no relatório de 2016.

Comentários
Topo