Negócios

Alibaba vende US$ 14 bilhões em 15 horas e bate próprio recorde

Alibaba

Alibaba, maior e-commerce do mundo bate seu próprio recorde de vendas (Getty Images)

Em menos de um dia, a chinesa Alibaba vendeu mais do que muitas empresas vendem em um ano. No “Single’s Day”, uma espécie de “Black Friday” on-line da China, realizado na última sexta-feira (11), o e-commerce atingiu nada menos do que US$ 14,3 bilhões em vendas, um aumento de 60% em relação ao ano passado.

Em comparação, a “Cyber Monday”, o maior evento de compras on-line norte-americano, atingiu US$ 1 bilhão em vendas, de acordo com a análise de dados da firma ComScore.

LEIA MAIS: Alibaba anuncia transações de mais de US$ 400 bilhões em 2015

Mas isto não significa uma reviravolta para a economia chinesa. Muitos consumidores têm a consciência de que a economia está desacelerada. Por isso, têm a tendência de esperar pelo dia 11 de novembro para fazer compras e economizar dinheiro.

O “Single’s Day” cresceu no país desde que a Alibaba começou a promovê-lo, em 2009, e é hoje o maior evento de vendas on-line do planeta. Neste ano, a Alibaba anunciou que teriam mais de 40.000 merchants e 30.000 marcas de 25 países vendendo na plataforma.

LEIA TAMBÉM: Fundador do Alibaba compra parque nos EUA por US$ 23 mi

Mais de 130 milhões de usuários visitaram o aplicativo da e-commerce, o Taobao. Daniel Zhang, CEO da Alibaba, declarou que o evento serviria para “o mundo testemunhar o poder do consumo chinês”. De acordo com a empresa, mais de 27 milhões de compras vieram de dispositivos celulares na primeira hora.

Isso só constata o poder da Alibaba na China, hoje respnsável por 80% das vendas on-line no mercado interno do país.

Comentários
Topo