Negócios

Como Uber, Airbnb e Etsy transformaram 1.000 clientes em 1 milhão

Uber

Startups de sucesso crescem no mercado com estratégias especificar e inovadoras (Getty Images)

Poucas companhias conquistaram tanto sucesso em tão pouco tempo como a Uber, a Airbnb e a Etsy, que, juntas, transformaram o modo que a população contrata serviços de carona, planejam suas férias e compram presentes artesanais, respectivamente. No último artigo da revista “Harvard Business School Working Knowledge”, “Como Uber, Airbnb e Etsy atingiram seus primeiros 1.000 clientes”, foi explorado como essas plataformas começaram e como elas alcançaram um número significativo de usuários, baseados em um caso da Harvard Business School feito pelo professor Thales S. Teixeira, com Morgan Brown.

Para ir de zero clientes a 1.000, essas startups enfrentaram um grande problema: Como elas poderiam atrair fornecedores se não tinham nenhum usuário? Por exemplo, como a Uber recruta motoristas e atrai clientes com apenas alguns consumidores? Como a Airbnb convenceu potenciais locatários de quartos para se juntar à sua plataforma com um grande catálogo inicial de catálogos para se hospedarem?

VEJA MAIS: 25 próximas startups bilionárias para 2017

Para superar esses desafios, as startups seguiram estratégias parecidas, inicialmente focando mais no lado da oferta do que no da demanda. Elas trabalharam muito para achar clientes iniciais e conectá-los “à mão” com seus primeiros fornecedores (como a Etsy que foi em feiras de artesãos para contratar pessoas); adquiri-los com preços baixos (como a Uber que fez promoções em shows e eventos); e fazendo qualquer coisa para disponibilizar ofertas mais atrativas (como a Airbnb que contratou fotógrafos profissionais para fotografar os apartamentos).

Seguindo essa mentalidade, eles conseguiram, gradualmente, melhorar seus produtos e identificar o que os seus clientes e fornecedores mais se interessavam. Só depois dessa trajetória eles iniciaram a mudança gradual para ter ofertas caminhando com as demandas.

LEIA MAIS: Uber reformula app e terá integração com redes sociais como Snapchat

Depois de ultrapassar 1.000 clientes, as oportunidades orgânicas para a companhia adquirir mais clientes e fornecedores por preços baixos se tornaram algo extremamente raro. Então, a Uber e a Airbnb focaram no marketing digital para atingir novas pessoas. O processo de adquirir seus primeiros clientes é muito devagar para essas plataformas por causa da necessidade dos fornecedores, consumidores dos produtos e serviços de forma equilibrada. Em contraste, ir de 1.000 clientes para 1 milhão pode ser uma corrida rápida, mas apenas se a sua companhia está disposta a abandonar algumas táticas para tentar novas estratégias.

As estratégias que incentivam os novos usuários a se juntarem à plataforma são fundamentalmente diferentes das estratégias necessárias para ampliar a plataforma.

VEJA TAMBÉM: Uber estuda introduzir carros voadores

A decisão mais difícil enfrentada por qualquer startup que está em crescimento é quando abandonar as ações que a tornaram bem-sucedidas no início, para assim atingir mais sucesso no futuro. Não fazê-lo no momento certo pode resultar em uma grande redução na dinâmica na companhia. Em contraste, ter a coragem para mudar isso em favor de novas estratégias de marketing pode ajudar a companhia a obter sucesso a longo prazo, e posicioná-la para crescimentos ainda maiores.

Comentários
Topo