Negócios

Gigantes tecnológicas travam batalha da inteligência artificial

A inteligência artificial, antes combustível para ficção científica nos livros e no cinema, já é uma realidade. As maiores empresas do planeta estão cada vez mais perto de robôs parecidos com humanos e casas inteligentes e conectadas.

RANKING: 70 maiores bilionários do Brasil em 2016

À medida que a Google continua a fazer a transição do computador de mesa para os aparelhos móveis, a computação já está seguindo em direção a múltiplas telas e, em alguns casos — como no da caixa de som inteligente Echo, sucesso-surpresa da Amazon —, a nenhuma tela. As interações com os aparelhos e aplicativos estão se transformando rapidamente em conversas de duas vias, às vezes utilizando “robôs” inteligentes desenvolvidos pela Microsoft, pelo Facebook e por outras empresas.

RANKING: 20 maiores bilionários de tecnologia

Diferentemente dos aplicativos, esses robôs rodam em serviços de comunicação como o Messenger, do Facebook (900 milhões de usuários), ou o Skype, da Microsoft (300 milhões de usuários). A Google tem o Gmail, que é amplamente difundido (mais de um bilhão de usuários), mas não dispõe do tipo de sistema de mensagens moderno que os mais jovens preferem.

RANKING GERAL: 70 maiores bilionários do mundo em 2016

Veja na galeria de fotos o que as maiores empresas de tecnologia do planeta têm feito sobre inteligência artificial:

  • Amazon

    Mais de mil pessoas estão trabalhando em seu assistente inteligente Alexa. Desenvolvedores externos podem ensinar novas “habilidades” a ele.

  • Apple

    Siri já permite aos usuários buscar fotos, definir lembretes e obter orientação de como chegar a lugares. Deve abrir a outros desenvolvedores em breve.

  • Facebook

    Desenvolve o assistente virtual “M” e robôs de conversa inteligentes no Messenger, além de compreensão da linguagem, tradução e visão no computador.

  • Google

    Um bom ponto de partida para o Google ver o potencial imediato da aprendizagem de máquina para criar uma nova geração de produtos digitais é o app de mensagens Allo. Apesar de o mercado de aplicativos de comunicação estar maduro e saturado, Pichai aposta que uns poucos recursos inteligentes ajudarão a conquistar o público.

    Um desses recursos, o Smart Reply, sugere automaticamente três respostas pré-escritas para uma mensagem, de acordo com o conteúdo. A Google desenvolveu o Smart Reply em menos de um ano, e o testou primeiramente no Inbox, um aplicativo móvel de e-mail. Com o Allo, a Google foi um passo além, combinando o Smart Reply com o reconhecimento de imagens, de modo que ele é capaz de sugerir respostas a fotos enviadas por mensagem.

  • Microsoft

    Criou “serviços cognitivos” para permitir que terceiros usem suas ferramentas e está integrando a inteligência artificial a seus serviços Azure de computação na nuvem.

Amazon

Mais de mil pessoas estão trabalhando em seu assistente inteligente Alexa. Desenvolvedores externos podem ensinar novas “habilidades” a ele.

Comentários
Topo