Negócios

Como Barack Obama ganhou US$ 20 milhões desde que chegou a Washington

Quando Barack Obama entrou no Senado norte-americano, em 2005, era um ex-professor de direito de 43 anos que faturava US$ 85.000 ao ano. Doze anos depois, Obama ganhou a Casa Branca, reformou as leis do país, acabou com duas guerras e faturou US$ 20 milhões.

grafico obama (2)

Três quartos desse dinheiro vieram de acordos literários, segundo o levantamento FORBES de 16 anos de declaração de impostos e outros documentos financeiros. No total, Obama faturou US$ 15,6 milhões como autor desde que chegou a Washington.

Seu best seller “A Audácia da Esperança” e o livro infantil “Of Thee I Sing: A Letter To My Daughters” (Sobre Eles Eu Canto: Uma Carta às Minhas Filhas, em tradução livre) renderam US$ 8,8 milhões. Já as vendas do livro “A Origem dos Meus Sonhos”, publicado originalmente em 1995, foi sucesso de vendas quando Obama chegou a Washington, o que lhe rendeu US$ 6,8 milhões. O ex-presidente ganhou ainda outros US$ 3,7 milhões com salários governamentais.

VÍDEO: Trump é recebido na Casa Branca por Michelle e Barack Obama

Obama não perdeu tempo e capitalizou sua história assim que chegou à capital dos EUA. Em janeiro de 2005, no mesmo mês em que entrou para o Senado, ele ganhou US$ 1,9 milhão adiantados, em royalties, da editora Random House, por dois livros não-ficcionais e um infantil.

O casal Obama, que ganhou menos de US$ 300.000 ao ano entre 2000 e 2004, faturou cerca de US$ 2,4 milhões anualmente nos quatro anos seguintes, mesmo antes de o ex-presidente ser eleito para o cargo. No começo da carreira de Obama no Senado, Michelle continuou seu trabalho como vice-presidente de ações externas e comunitárias da University of Chicago Hospitals. Ela ganhou US$317.000 em 2005 e US$274.000 em 2006. Nestes anos, trabalhou ainda no comitê de publicidade da TreeHouse Foods, onde ganhou mais de US$ 80.000.

VEJA TAMBÉM: Como o governo Trump pode influenciar a economia brasileira

Duas semanas antes de sua posse como o 44° presidente dos EUA, Obama renovou seus contratos literários. Ele concordou em não publicar outro livro de não-ficção durante seu tempo na Casa Branca e ganhou um adiantamento de US$ 500.000 por uma versão infanto juvenil de “A Origem dos Meus Sonhos”. O ex-presidente também terminou o manuscrito de “Of Thee I Sing: A Letter To My Daughters”, publicado em novembro de 2010. Obama doou todos os lucros do livro infantil para uma fundação que oferece bolsas de estudo para filhos de soldados que foram feridos em combate.

grafico obama2 (2)

Nos oitos anos na Casa Branca, o casal Obama ganhou US$ 10,8 milhões. O ex-presidente divulgou ganhos de US$ 3, 1 milhões (sem impostos) do seu salário presidencial (cerca de US$ 392.000 ao ano). Outros US$ 120.000 vieram de investimentos, o que inclui as contas do Tesouro Nacional norte-americano e fundos diversificados.

Os Obamas se tornaram filantropos. Entre 2000 e 2004, o casal doou US$8.420, cerca de 0,6% dos ganhos totais. Já entre 2005 e 2015, doou US$ 1,6 milhão, cerca de 8% de seus ganhos totais. Obama ganhou menos dinheiro a cada ano que passou no Salão Oval. Seus ganhos começaram em US$ 5,6 milhões em 2009 e chegaram a US$ 450.000 em 2015, assim que os royalties de seus livros diminuíram. O ex-presidente ainda não divulgou sua declaração de impostos em 2016, mas não há sinal de que os ganhos tenham aumentado durante seu último ano de mandato.

LEIA MAIS: De onde vem a misteriosa riqueza de Donald Trump

Obama terá em breve a oportunidade de faturar mais milhões. O casal Clinton ganhou mais de US$ 240 milhões em 15 anos. A maior parte da fortuna veio de discursos bem pagos e acordos literários milionários.

Comentários
Topo