Negócios

Tecnológica FS sustenta sucesso em ética, atitude e alegria

Alberto Leite é CEO da FS (Carol Carquejeiro)

Alberto Leite é CEO da FS (Carol Carquejeiro)

O maranhense Alberto Leite, de 40 anos, começou a trabalhar cedo: na Antarctica, no início da carreira, e depois em empresas de telecomunicações, como Amazônia Celular e Telemig. Nas teles teve grandes experiências com TI – participou da mudança da telefonia analógica para a digital no Brasil, depois da digital para a rede GSM e da GSM para a 3G.

“Adquirir o know-how em tecnologia no mundo das telecomunicações, que é extremamente desafiador e complexo, foi ótimo para mim. Hoje uso esses conhecimentos em favor de meus clientes”, afirma o atual CEO da FS. A holding é composta por empresas que atuam em áreas como segurança da informação, cloud computing, produção de conteúdo audiovisual e até venda de microsseguros. Clientes como Telefônica, Oi e Senac garantem o faturamento de R$ 650 milhões.

LISTA: 10 melhores CEOs do Brasil abaixo dos 40 anos

“Acredito que ética, transparência, atitude e alegria são um conjunto de fatores altamente relevantes para uma companhia como a nossa”, afirma Leite. “Considero também que as pessoas são um elemento preponderante do nosso negócio; portanto, o cuidado com os funcionários é importantíssimo. E procuro sempre pensar grande, respeitados os limites de nossa capacidade de execução.” Formado em economia e administração de empresas, ele complementa essa receita: “O momento, o ambiente, a circunstância também são fatores vitais quando se quer um bom resultado, seja na carreira profissional, seja na vida familiar”.

E o executivo arremata: “Os princípios familiares que me foram transmitidos, aliados a um ambiente social favorável e às escolhas que fiz, construíram a história de valor que escrevi para mim”.

Comentários
Topo