Negócios

Lucro de novo produto da Ambev financiará acesso à água potável

iStock

Ganhos com a venda da água mineral AMA serão revertidos para projetos no Nordeste (iStock)

A empresa de bebidas Ambev, dos bilionários Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira, anunciou um novo produto cujo lucro das vendas será destinado ao financiamento de obras para acesso à água potável em comunidades do semiárido nordestino. A água mineral AMA já está à venda nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro e online na página Emporio.com, com previsão de chegada a todo o país até o fim do ano. “Cem por cento do lucro vai para projetos que ajudam quem mais precisa de água”, destacou Bernardo Paiva, presidente da Ambev, sobre o lançamento da iniciativa.

A água mineral AMA já está à venda nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro

Os investimentos destinados à nova linha foram aplicados no financiamento de três projetos de acesso à água potável em comunidades rurais do Ceará antes mesmo de o produto chegar às prateleiras. A empresa de bebidas disponibilizou recursos para a perfuração de poços e a instalação de pequenas usinas de energia solar, diminuindo assim o custo de distribuição da água. Os projetos terão a gestão da comunidade após a inauguração, marcada para esta  quarta-feira (22), Dia Mundial da Água.

LEIA MAIS: Ambev, de Jorge Paulo Lemman, cria plataforma online para ajudar empresas a economizarem água

A AMA é uma continuação dos projetos de sustentabilidade da Ambev relacionados à preservação e conservação do uso da água. A ideia de lançar o produto com o comprometimento social surgiu após uma parceria com a Yunus Negócios Sociais, um fundo de venture capital sem fins lucrativos que promove negócios com propósito social. Assim, a empresa de bebidas entra para ajudar no sexto Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas – garantir o acesso à água potável e saneamento básico à toda população.  

Comentários
Topo