Negócios

3 dicas para aplicar o SEO em seu e-commerce

iStock

A estratégia tem como objetivo conquistar o internauta que realmente tem intenção de compra (iStock)

As vendas no comércio eletrônico aumentam a cada ano e, atualmente, é imprescindível para qualquer negócio estar presente também no ambiente virtual. Criar uma página na internet não é suficiente para que os consumidores realizem suas compras. É preciso, também, seguir estratégias para que o site esteja bem posicionado no resultado dos mecanismos de busca.

LEIA MAIS: 5 motivos pelos quais o SEO será determinante para os negócios nos próximos

“O SEO está no dia-a-dia da empresa e cada vez é mais importante”, diz Juliano Souza, diretor de marketing da Giuliana Flores, sobre a aplicação do Search Engine Optimization (SEO) na estratégia das operações de vendas de flores. O executivo lembra que a Giuliana Flores realizou uma reestruturação em seu site anos atrás sem a consulta de um especialista em SEO, e o resultado foi decepcionante. “Houve diminuição do acesso, e percebemos a importância de ter sempre um consultor especializado”, explica.

SEO pode alavancar em 70% as visitas vindas diretamente do mecanismo de busca

“O SEO tem como objetivo construir um conteúdo no website capaz de estimular o aumento de visitas vindas dos mecanismos de busca”, explica Fábio Ricotta, CEO da Agência Mestre. Ou seja, o SEO é uma estratégia que leva o consumidor qualificado ao site da empresa, aquele que realmente tem a intenção de adquirir o produto ou serviço que ela oferece.

Desde fevereiro de 2016, o mecanismo de busca do Google deixou de publicar os anúncios do lado direito e os concentrou nos primeiros links. “O anúncio não garante clique”, afirma Ricotta ao explicar que pagar o anúncio não necessariamente leva a um aumento de visitas, o que acaba aumentando a importância do SEO, que pode alavancar as visitas orgânicas – vindas diretamente do mecanismo de busca – em 70%.

VEJA TAMBÉM: Por que os feriados prejudicam as vendas no e-commerce

Há empresas especializadas em criar e configurar um site utilizando a estratégia de SEO. Além disso, há possibilidade de se aprender sozinho com os inúmeros tutoriais disponíveis gratuitamente na internet ou fazendo um curso. Mas isso não é suficiente. “É preciso levar em conta outros aspectos: programação, conteúdo e velocidade da página”, afirma o especialista. O Google, inclusive, “pune” páginas que tenham velocidades lentas com o rebaixamento do posicionamento quando os resultados são apresentados, deixando-as longe dos primeiros colocados. Além disso, é imprescindível ter um site com boa funcionalidade no mobile.

A seguir, veja 3 dicas apresentadas por Fábio Ricotta para aplicar o SEO em seu e-commerce e alavancar as vendas.

  • 1. Identificar o consumidor

    Além de conhecer as características do seu consumidor, é preciso imaginar quais palavras ele pode digitar para procurar o seu produto.

  • 2. Descobrir os assuntos

    Há ferramentas que auxiliam no SEO, inclusive disponibilizadas pelo Google, mecanismo de busca no qual 95% das pesquisas são realizadas. Também, neste caso, é preciso encontrar as palavras-chave e relacioná-las ao produto.

  • 3. Ter os assuntos na página

    Elaborar o conteúdo com os assuntos relacionados ao seu produto. Quanto mais o site tiver esses assuntos, mais alinhada a página vai estar com o SEO e maior a possibilidade de vendas. Além disso, em 15% das pesquisas realizadas no Google palavras inéditas são usadas, o que abre espaço para a imaginação na elaboração de conteúdo com novos temas.

1. Identificar o consumidor

Além de conhecer as características do seu consumidor, é preciso imaginar quais palavras ele pode digitar para procurar o seu produto.

Comentários
Topo