Ser Educacional cancela oferta pública primária de ações

iStock
Ser Educacional pretendia levantar até R$ 445 milhões (iStock)

A Ser Educacional cancelou a oferta pública primária de ações, com esforços restritos de colocação, por meio da qual pretendia levantar até R$ 445 milhões, informou a empresa em comunicado divulgado na noite de quarta-feira (24).

LEIA MAIS: Cel.Lep conclui negociação para compra de rede de ensino em programação MadCode

No documento, a companhia diz que a demanda de investidores foi suficiente, mas que seu conselho de administração avaliou que o preço por ação a ser fixado após o processo de bookbuilding “não refletiria a perspectiva de rentabilidade futura” da empresa.

Em 14 de janeiro, a Ser anunciou os planos de ofertar 17.429.152 ações ordinárias, de modo a captar recursos para financiar a expansão dos negócios, por meio de aquisições ou investimento em crescimento orgânico, incluindo polos de ensino à distância (EAD) e presenciais.

(Por Gabriela Mello)

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).