Negócios

SpoonRocket, do iFood, alavanca vendas de restaurantes mais caros

Reprodução

No Soul Gastronomia, vendas aumentaram 50% (Reprodução)

Em meio à crise econômica, muitos restaurantes estão presenciando queda nas vendas, inclusive os estabelecimentos com cardápios mais sofisticados. Entretanto, há exceções – locais que conseguiram aumentar a receita neste período difícil. “As vendas subiram 50% depois que começamos a entregar alguns pratos em domicílio”, diz Murilo Gouveia, sócio da Soul Gastronomia, restaurante especializado em alimentos saudáveis e caseiros, revelando, ainda, que não precisou investir para implantar uma operação logística de delivery.

LEIA MAIS: Como a brasileira Movile pretende se tornar líder global em produtos móveis

O restaurante contratou, apenas, os serviços do aplicativo SpoonRocket, especializado na entrega em domicílio de pratos de restaurante com preços mais elevados. O aplicativo pertence à Movile, empresa de tecnologia voltada para o comércio, cujo principal investidor é o bilionário Jorge Paulo Lemann e também proprietária do iFood. O SpoonRocket funciona da mesma forma que o iFood. O consumidor seleciona o prato de um restaurante credenciado, que será entregue em até 35 minutos no local indicado. “Fazemos entrega rápida e com todo o cuidado”, aponta Roberto Gandolfo, CEO do SpoonRocket.

Aplicativo agrupa a oferta de restaurantes que oferecem cardápios mais elaborados, e que antes enxergavam com ceticismo o serviço de delivery

A responsabilidade da entrega é do SpoonRocket, que prepara desde como o alimento deve ser armazenado até a seleção dos entregadores, passando pelas políticas do delivery. Os entregadores não são autônomos – fazem parte de uma equipe de funcionários de uma empresa de operação logística. O aplicativo estabelece os seus critérios em contrato, treina os entregadores e disponibiliza uniforme e equipamentos.

Diferentemente do iFood, o SpoonRocket agrupa a oferta de restaurantes que oferecem cardápios mais elaborados, e que antes enxergavam com ceticismo o serviço de delivery ou acreditavam ser inviável essa modalidade. O aplicativo auxilia os locais a prepararem o alimento de acordo com as recomendações para a entrega. “Recebemos treinamento e suporte para preparar o alimento”, aponta Gouveia.

Além das entregas, o SpoonRocket é uma plataforma de marketing para o restaurante credenciado. Em vez de ficar restrito ao bairro em que se localiza, o estabelecimento pode ampliar sua área e seu público. “Antes éramos conhecidos pelos consumidores fitness. Agora atendemos um público muito maior, que já chegou, inclusive, a frequentar o restaurante fisicamente”, conta Gouveia.

VEJA TAMBÉM: 18 fatos curiosos sobre o bilionário Jorge Paulo Lemann

O aplicativo está presente, por enquanto, em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte e Brasília. “Em 2017 vamos chegar a 15 cidades”, diz Gandolfe. Até o momento, são mil restaurantes credenciados, com a projeção de chegar a 3 mil até o fim do ano. O consumidor do SpoonRocket também é diferente do público do iFood. “O ticket médio do cliente do SpoonRocket é de R$ 110 para um pedido com um ou dois pratos”, diz o executivo, explicando que esse valor corresponde ao dobro do valor médio de um consumidor do iFood.

Comentários
Topo