Negócios

Cade propõe aprovação de fusão Kroton-Estácio com condições

iStock

Conselheira do órgão regulador rejeitou os termos propostos por empresas (iStock)

A conselheira do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) Cristiane Alkmin, relatora do caso de compra da Estácio pela Kroton, votou a favor da aprovação da operação, mediante condições listadas por ela, que não são as mesmas de uma tentativa de acordo apresentado na véspera pelas empresas.

LEIA TAMBÉM: Cade assina acordo para fim da exclusividade entre Elo e Cielo

No início de seu voto, a conselheira disse que na terça-feira (27) as empresas apresentaram uma proposta de acordo, que não foi aceito por ela.

Entre as propostas de medidas cobradas pela relatora está a alienação da marca Anhanguera, com um conjunto de ativos que totalizam 258 mil alunos, além da alienação dos ativos completos da Uniderp.

(Com Reuters)

Comentários
Topo