Negócios

Colombiana transforma paixão por sorvetes em negócio de sucesso

Reprodução/Forbes

Empreendedora Luisa Santos (Reprodução/Forbes)

Luisa Santos é dona de um negócio que quase todo mundo já sonhou em ter: uma loja de sorvetes. A Lulu’s Ice Cream, que serviu sua primeira casquinha no início de 2014, começou no dormitório da jovem empreendedora em Georgetown, Washington. “As paredes da nossa sala de estar ficavam escondidas por caixas e caixas de taças, enquanto a mesa de jantar ficou ocupada, a maior parte do último ano, por um pequeno reservatório de nitrogênio líquido”, lembra ela.

VEJA TAMBÉM: Conheça a mulher de 25 anos que criou o Museu do Sorvete

Desde então, Luisa abriu uma loja física de sorvetes em Miami cujos diferenciais são a forma de produção da iguaria – à base de ingredientes locais e de nitrogênio líquido – e o impacto social gerado pelo negócio. “Eu amo sorvete mas, acima de tudo, minha inspiração é contribuir para a sociedade”, explica Luisa. “Eu tive a oportunidade de combinar as duas coisas ao construir uma empresa de sorvetes que se importasse tanto com o produto quanto com a sua própria equipe, clientes, meio-ambiente e comunidade. Eu acho, por exemplo, que clientes que têm conhecimento do nosso processo de treinamento financeiro para integrantes da equipe reconhecem que nós investimos no que fazemos e se tornam mais fiéis.”

A Lulu’s sedia eventos na loja, recebe parceiros de outros estabelecimentos locais da comunidade e possui mais de 25.000 seguidores no Instagram. Em uma entrevista, Luisa compartilhou como conseguiu criar uma marca tão forte e que conselho daria para aquelas pessoas que desejam fazer o mesmo. Leia a seguir.

VEJA MAIS: Sorveteria em NY lança sorvetes do Star Wars

FORBES: Como você decidiu transformar um projeto de algo do qual gostava em um negócio?

Luisa Santos: A primeira vez que eu fiz sorvete foi por diversão… Era uma experiência pessoal. Com o tempo, eu explorei mais a ideia durante um curso de empreendedorismo. Depois de testar o produto em mercados de agricultores por um semestre, como parte de um projeto de uma das matérias da faculdade, eu tomei uma decisão no último minuto: largar as inscrições que eu tinha feito para aulas mais tradicionais e continuar com a Lulu’s como um negócio. Essa transição significou entrar em um modo de rápido aprendizado conforme eu juntava as peças para começar o negócio.

FORBES: Qual foi a principal lição que você aprendeu no processo?

Luisa Santos: O passo mais assustador é vender seu primeiro produto. É extremamente importante apenas começar – de algum lugar e pequeno, mas começar. Você nunca vai atingir a perfeição na primeira vez, mas começar de algum lugar forçará você a entrar em um ciclo de aprimoramento. O resto você só pode aprender fazendo.

E MAIS: Dubai tem o copinho de sorvete mais caro do mundo

FORBES: Como foi construir a marca Lulu’s?

Luisa Santos: A questão central da nossa marca é sempre o desenvolvimento a partir das pequenas interações que temos com nossa comunidade diariamente. Isso vai da maneira como nossa equipe trata cada cliente que passa pela porta e do cuidado que empregamos na decisão de qual copo iremos utilizar até o material escolhido para as paredes da loja. Nós adotamos uma vaca de verdade, batizada de Lulu, nas fazendas Dakin Dairy, de onde extraímos nosso leite e creme. Estabelecemos parcerias com fornecedores, como Panther coffee, Cao Chocolates e Yoko Matcha, que se ajustam ao nosso desejo de elaborar nossos produtos a partir do zero e da maneira mais local possível. A soma de todas essas aparentemente pequenas decisões resulta na maneira como construímos nossa marca.

FORBES: O social exerceu um grande papel na consciência da marca Lulu’s, particularmente no Instagram. Como você alavancou esse sucesso na plataforma?

Luisa Santos: Nosso Instagram só é forte por causa dos nossos consumidores que estão na rede social. Nós construímos nossa página ao apresentar as fotos incríveis que nossos clientes tiraram dos sorvetes. Ter uma presença social tão forte também atraiu parceiros de grandes marcas, o que aumentou a nossa visibilidade. Nós também fazemos promoções específicas na mídia social para medir a eficiência de nossas postagens.

LEIA TAMBÉM: Ben & Jerry’s lança sorvete para combater mudanças climáticas

FORBES: Que conselho você daria para pessoas que estão pensando em seguir um sonho que está fora de suas realidades?

Luisa Santos: Apenas faça. Comece e veja aonde isso o levará. Nada é para sempre e não tem problema tentar algo e falhar – aprenda lições e saia da experiência mais forte. Acima de tudo, seja proativo e construa uma rede para si mesmo. É importante pedir ajuda quando necessário. Encontre pessoas que você admire e comece a construir relações com elas.

Comentários
Topo