Negócios

Dona da Zara tem alta de 18% no lucro trimestral

GettyImages

GettyImages

A Inditex, maior varejista de roupas do mundo e proprietária da marca Zara, aumentou sua liderança sobre rivais como H&M com uma elevação de 18% no lucro do primeiro trimestre, mas viu o crescimento das vendas diminuir ligeiramente nas últimas semanas.

A empresa espanhola, que também possui a cadeia de moda Pull & Bear e a marca de luxo Massimo Dutti, disse que o lucro líquido totalizou € 654 milhões no primeiro trimestre que terminou em 30 de abril, em linha com as previsões dos analistas.

O lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) foi de € 1,1 bilhão, um aumento de 17% em relação ao ano anterior e acima das estimativas.

LEIA TAMBÉM: Verizon conclui aquisição da Yahoo e Mayer renuncia

A Inditex superou de forma consistente a H&M e outros rivais nos últimos anos como resultado de seu crescimento online e seu modelo ‘fast-fashion’, que permite colocar as últimas tendências das passarelas nas prateleiras das lojas dentro de alguns dias.

A empresa, contudo, disse que suas vendas em moeda local aumentaram 12% de 1 de fevereiro a 3 de junho, desacelerando ante os 14% apurados entre 1 de fevereiro e 30 de abril.

VEJA MAIS: Raízen oferece R$ 823 mi para comprar usinas de Santa Cândida e Paraíso, da Tonon

Cerca de metade das 7.385 lojas da empresa, que operam em 93 mercados, divulgam seus ganhos em moedas diferentes do euro.

No primeiro trimestre, as vendas líquidas da Inditex cresceram 14% em relação ao mesmo período do ano anterior, para € 5,6 bilhões, também acima do esperado por analistas.

(Reportagem de Robert Hetz e Angus Berwick)

Comentários
Topo