Negócios

Empreendedora une design e serviços de hospedagem na Califórnia

(Reprodução/Forbes)

Sara Combs (Reprodução/Forbes)

Sara Combs é a fundadora da linha de joias feitas à mão Gold & Citruse, de São Francisco, e cofundadora da empresa de web design Hexagon, especializada em sites de moda. Além de trabalhar nestas duas áreas, ela também faz Design de interiores. Em paralelo, Sara aluga duas residências, ambas no deserto de Mojave, onde fica localizado o Parque Nacional de Joshua Tree, na Califórnia: uma hacienda (grande propriedade) construída em 1949 e cercada por mais de 100 árvores típicas da região (Joshua Tree) e uma casa de 1958 com um exuberante jardim de cactos e ampla vista para as formações rochosas.

VEJA TAMBÉM: A anfitriã do Airbnb que reestruturou sua carreira

A jovem empreendedora costumava trabalhar enquanto viajava e se apaixonou por Joshua Tree ao ficar em uma residência locada no Airbnb por uma noite. “Eu e meu marido não conseguíamos parar de pensar naquela experiência e queríamos comprar um lugar nosso, para podermos passar mais tempo na região. A ideia era também alugar e, assim, dividir aquela experiência com outras pessoas”, conta. Como designer, a liberdade criativa para projetar um espaço em um lugar que ela amava era empoderadora. Normalmente, Sara faz este tipo de trabalho para seus clientes, mas projetar algo por paixão gerou uma reação que ela realmente não esperava. “Nós temos quase 100 mil pessoas seguindo a nossa história no Instagram (@thejoshuatreehouse)”, diz ela, que ainda hoje se impressiona com o interesse das pessoas pelas casas e tem gasto cada vez mais tempo em projetos de design de interiores.

Como designer, a liberdade criativa para projetar um espaço em um lugar que amava foi empoderadora

Segundo Sara, o aluguel destes dois espaços não apenas permitiu a ela dizer não para outros projetos com os quais ela não se empolgava, como tem sido uma maneira incrível para se manter inspirada e ter uma liberdade criativa completa. “Nós estamos sempre tentando novas ideias para compartilhar essa criatividade, como alugar residências artísticas. A nossa segunda casa estará disponível este ano.”

LEIA MAIS: Como o serviço de hospedagem reinventou a carreira de uma mulher no Quênia

O conselho de Sara para outras mulheres é que elas estejam conscientes sobre a comunidade ao seu redor e façam um esforço para ajudá-la. “Procurar um café local, decorar a casa com objetos da região e até se voluntariar para esforços ambientais são todas ótimas maneiras de ajudar os vizinhos e retribuir de alguma maneira”, diz.

Comentários
Topo