Negócios

Mark Zuckerberg é um homem bem-sucedido justamente pelo que não faz

Getty Images

A estratégia de Mark Zuckerberg vai além de inovações tecnológicas (Getty Images)

Muitos artigos descrevem as coisas que o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, faz para continuar sendo um empresário bem-sucedido. Mas existe uma coisa que ele não faz e que ajuda – e muito – a explicar seu reinado cada vez mais perene.

LEIA TAMBÉM: Conheça o livro recomendado por Bill Gates, Mark Zuckerberg e Barack Obama

Zuckerberg, o 5º homem mais rico do mundo no ranking de FORBES, com patrimônio de US$ 63,8 bilhões, não age sem, em primeiro lugar, considerar as consequências de suas ações.

Recentemente, dez alunos formados no ensino médio saíram no noticiário internacional quando Harvard revogou suas ofertas de admissão. Estes estudantes tinham feito comentários indecentes em um grupo privado do Facebook. Se eles pensassem no que poderia acontecer se suas postagens se tornassem públicas, você acha que eles teriam avançado? Com certeza não. Eles passaram por muitas coisas para assegurar aqueles cobiçados lugares na turma de 2021 de uma das universidades mais prestigiadas do mundo.

VEJA MAIS: Mark Zuckerberg é o novo Bill Gates – e isso deveria preocupar as startups

Não são apenas muitos bilhões de dólares que distinguem o ex-aluno de Harvard, Mark Zuckerberg, destes 10 estudantes. O criador do Facebook pode até pensar em coisas que ele não gostaria que se tornassem públicas e dizê-las na privacidade de seu lar. Mas ele não posta sobre isso no website de sua empresa ou nas suas redes sociais.

“Essas crianças não podem ser culpadas, pois achavam que estavam escrevendo em um grupo privado do Facebook”, afirma um protesto em defesa dos jovens. Mas até os mais leigos em tecnologia conhecem ferramentas que permitem que o usuário tire screenshots das imagens em um computador. Se você é integrante de um grupo privado do Facebook e está preocupado com o que você vê por lá, pode facilmente capturar imagens, salvá-las em seu computador e mandar para pessoas que não pertençam ao grupo.

E MAIS: Mark Zuckerberg parabeniza nigeriana fundadora de grupo de apoio feminino

Pelo menos um integrante, aparentemente, fez isso, o que levou a universidade a retirar suas ofertas de aceitação.

É possível ler muito sobre as inovações tecnológicas de Zuckerberg, suas estratégias criativas para aumentar o impacto do Facebook no mundo e seu método exclusivo de administração corporativa. Mas um segredo de seu sucesso é o fato de que, todo dia, onde quer que vá, Zuckerberg considera cuidadosamente as consequências de suas ações. Isso é uma parte do que significa ser responsável.

A liderança de Mark Zuckerberg demonstra que responsabilidade é interessante – e rentável.

Comentários
Topo