Negócios

25 cidades que apresentam as melhores perspectivas para startups

Vancouver, na costa oeste do Canadá, é a melhor cidade no mundo para começar um novo negócio. Mas, se você quiser empreender no Reino Unido, é preferível abrir uma startup em Manchester do que em Londres. As duas estão no novo ranking das melhores cidades do mundo para abrir seu negócio, que apontou descobertas surpreendentes.

VEJA TAMBÉM: 5 dicas para abrir a sua primeira startup

A PeoplePerHour, plataforma que permite contratar e oferecer serviços de freelancers no Reino Unido, considerou uma variedade de fatores com o objetivo de compilar o índice StartUp City, incluindo qualidade e custo de vida, facilidade de começar um negócio e o valor de manutenção de um escritório. Algumas das 25 localizações ao redor do mundo foram classificadas de acordo com estes critérios.

A partir disso, Vancouver ficou como o topo do índice, com uma pontuação expressiva graças a sua alta qualidade de vida, bom acesso a um escritório e a relativa facilidade de conseguir começar uma empresa no Canadá. Berlim, que já teve uma ótima reputação como um polo de startups, ficou em 2º lugar no índice, mesmo a cidade alemã já abrigando um grande número de empreendedores.

LEIA MAIS: 10 cidades com o custo de vida mais alto e mais baixo do mundo

Manchester se saiu melhor entre as cidades do Reino Unido, ficando com o 3º lugar, enquanto Londres ficou apenas com a 15ª posição. Manchester se classificou em uma posição particularmente alta comparada à capital em função do seu custo de vida relativamente baixo e de sua condição favorável para startups.

Com Lisboa (Portugal) e Estocolmo (Suécia) completando o TOP 5, nenhuma cidade norte-americana conseguiu ocupar as primeiras posições da lista, apesar de San Diego e Los Angeles estarem no TOP 10.

Na outra ponta do ranking, o índice classificou Roma como a pior entre as 25 localizações para abrir uma startup – em grande parte por causa do alto custo de vida da capital italiana e das dificuldades de conseguir começar um negócio. Tóquio e Paris, duas outras cidades conhecidas por serem lugares caros para se viver, também foram mal classificadas na lista.

E MAIS: 5 maiores erros de startups e como evitá-los

Xenios Thrasyvoulou, fundador e CEO do PeoplePerHour, afirma que a boa classificação de Manchester representa um choque para o Reino Unido, particularmente devido à instabilidade política e ao ambiente econômico do país neste momento.

“É fantástico ver que, apesar das preocupações sobre o Brexit e as contínuas consequências da campanha eleitoral, o Reino Unido conquistou duas cidades no TOP 15. O fato de Manchester estar em 3º lugar no ranking, superando cidades como Nova York, Sydney e Londres é fenomenal”, afirma Thrasyvoulou. “O Reino Unido sempre foi um líder quando se trata de negócios e inovações e é realmente encorajador ver que, apesar das dificuldades dos últimos anos, isso permanece inalterado.”

Veja, a seguir, na galeria de fotos as 25 cidades com as melhores perspectivas para startups.

  • 25. Roma

  • 24. Paris

  • 23. Tóquio

  • 22. Nova York

  • 21. San Francisco

  • 20. Moscou

  • 19. Atenas

  • 18. Miami

  • 17. Amsterdã

  • 16. Tel Aviv

  • 15. Sydney

  • 14. Londres

  • 13. Istambul

  • 12. Cingapura

  • 11. Kuala Lumpur

  • 10. Bangalore

  • 9. Los Angeles

  • 8. Melbourne

  • 7. Bangcoc

  • 6. San Diego

  • 5. Estocolmo

  • 4. Lisboa

  • 3. Manchester

  • 2. Berlim

  • 1. Vancouver

25. Roma

Comentários
Topo