Negócios

Delta, Air France-KLM e Virgin anunciam parceria transatlântica

iStock

A mudança visa fortalecer as parcerias entre as principais companhias aéreas do Atlântico Norte (iStock)

A Delta Air Lines, a Air France-KLM e a Virgin Atlantic revelaram nesta quinta-feira (27) planos para combinar duas joint-ventures transatlânticas sobrepostas em um acordo de US$ 1 bilhão em ativos, à medida que as companhias aéreas se preparam para a concorrência e uma consolidação mais ampla.

LEIA MAIS: Os 25 Melhores CEOs do Brasil

O realinhamento acompanha um acordo separado da Air France para aprofundar seus laços comerciais com a China Eastern para construir o que foi descrito como braço europeu de uma rede global.

A mudança visa fortalecer as parcerias entre as principais companhias aéreas do Atlântico Norte, onde novos concorrentes de baixo custo abalaram o mercado no último ano.

A parceria transatlântica combina as joint-ventures entre a Air France, Delta e Alitalia, e entre a Delta e a Virgin Atlantic, disse a Air France. A posição da Alitalia na nova estrutura ainda não está clara.

O acordo, que é sujeito à aprovação de órgão reguladores, dará às empresas envolvidas uma forte posição coletiva no mercado do Atlântico Norte, com 27% da capacidade, de acordo com os dados da Flightglobal Schedules.

VEJA TAMBÉM: Conheça os melhores e piores aeroportos do mundo

Segundo o acordo, a Air France comprará 31% da Virgin Atlantic do Group Virgin que pertence a Richard Branson por cerca de £ 220 milhões. A Delta e a China Eastern vão adquirir, cada uma, 10% de participação da Air France em um total de € 751 milhões.

O acordo faz da Air France a segunda maior acionista da Virgin Atlantic depois da Delta, que detém 49% de participação, e reduz a participação do Group Virgin para 20%.

Comentários
Topo