Negócios

Elon Musk diz que Mark Zuckerberg é ingênuo sobre robôs assassinos

Getty Images

Elon Musk disse no Twitter que a compreensão do fundador do Facebook sobre inteligência artificial é limitada (Getty Images)

O presidente-executivo da Tesla Elon Musk insultou o rival Mark Zuckerberg nesta terça-feira (25), em um debate entre dois influenciadores da tecnologia sobre se os robôs se tornarão inteligentes o suficiente para matar seus criadores humanos.

LEIA MAIS: Fortuna de Zuckerberg tem aumento recorde de US$ 3,5 bilhões

“Sua compreensão do assunto é limitada”, disse Musk no Twitter ao fundador do Facebook, cujo algoritmo e outras tecnologias revolucionaram as redes sociais e conquistaram mais de 2 bilhões de usuários ativos por mês.

Anteriormente, Zuckerberg havia sido questionado sobre os pontos de vista de Musk no que diz respeito aos perigos representados por robôs. Em sua resposta, o criador do Facebook refutou a ideia de negar a tecnologia e disse que a imaginação de “cenários apocalípticos” é irresponsável.

Zuckerberg e Musk, que também é presidente-executivo da empresa de foguetes espaciais SpaceX, têm debatido à distância nos últimos dias sobre os perigos da inteligência artificial (IA).

Os dois discordam sobre a necessidade de uma regulamentação governamental mais rígida para a tecnologia.

VEJA TAMBÉM: Zuckerberg e Priscilla Chan doam milhões de dólares para imigrantes ilegais

Musk disse, durante uma reunião de governadores norte-americanos este mês, que a tecnologia deveria ser regulamentada. “Eu continuo soando o alarme, mas até que vejam robôs na rua matando pessoas, ninguém saberá como reagir, porque é tudo muito etéreo ainda “, disse Musk, de acordo com um vídeo do evento. “A IA é um risco fundamental para a existência da civilização humana.”

No domingo, Zuckerberg fez uma transmissão de vídeo ao vivo pelo Facebook para responder a perguntas de usuários quando alguém pediu para que ele ponderasse sobre os comentários de Musk. “Estou realmente otimista e não entendo as pessoas que negam a tecnologia e tentam pintar cenários apocalípticos”, respondeu. “É realmente negativo e, de certa forma, acho que é bastante irresponsável.”

O presidente-executivo do Facebook disse que a inteligência artificial poderia resultar em melhores diagnósticos de doenças e na eliminação de destroços de carros, por exemplo, e que não via com “boa consciência” as pessoas que poderiam querer retardar o desenvolvimento da tecnologia por meio da regulamentação.

Comentários
Topo