Negócios

Foxconn anuncia investimento de US$ 10 bilhões nos Estados Unidos

GettyImages

A receita anual da empresa em 2016 foi de mais de US$ 141 bilhões. (GettyImages)

A fabricante global de alta tecnologia Foxconn anunciou que investirá US$ 10 bilhões em uma nova fábrica no estado norte-americano de Wisconsin. A instalação, com previsão de ser aberta em 2020, vai gerar cerca de 13.000 empregos para o estado.

VEJA TAMBÉM: Foxconn diz que Apple está no consórcio pela unidade de chips da Toshiba

Este será o maior investimento greenfield de uma empresa estrangeira na história dos Estados Unidos. Na nova fábrica serão produzidas telas de LCD de ponta com as mais variadas aplicações, como em carros autônomos, sistemas de aeronaves, áreas de educação, saúde, entretenimento, segurança e vigilância, sistemas de produção avançada e automação de escritórios, entre outras.

O anúncio foi feito na última quarta-feira (26), na Casa Branca, pelo fundador e CEO Terry Gou ao lado do presidente Donald Trump e do governador de Wisconsin, Scott Walker, que declarou: “Estamos chamando este empreendimento de ‘Wisconn Valley’, porque acreditamos que ele terá um efeito transformador no estado, assim como o Vale do Silício transformou a área da baía de San Francisco”.

A Foxconn, maior fabricante de componentes eletrônicos do mundo, estabeleceu operações nos Estados Unidos pela primeira vez em 1988 e tem instalações e escritórios nos estados de Alabama, Califórnia, Indiana, Massachusetts, Michigan, Carolina do Norte, Pensilvânia, Texas e Virgínia. A receita anual da empresa em 2016 foi de mais de US$ 141 bilhões.

Comentários
Topo