Negócios

Lucro da Visa supera estimativas e empresa eleva previsão para o ano fiscal

iStock

O volume total de pagamentos saltou 38,4%, para US$ 1,860 trilhão (iStock)

A Visa, a maior operadora de rede de pagamentos do mundo, divulgou nesta quinta-feira (20) um lucro trimestral melhor do que o esperado e elevou sua previsão para o ano, à medida que mais pessoas fazem pagamentos com sua rede.

LEIA MAIS: Lucro do BofA cresce 11% e supera expectativa no 2º tri

A companhia, que gera receita facilitando as transações com cartões de crédito e débito, se beneficiou do fortalecimento da economia nos Estados Unidos, bem como dos resultados da Visa Europe, que comprou em junho passado.

As despesas do consumidor têm aumentado nos EUA, apoiadas em um mercado de trabalho robusto e pelo aumento dos salários.

O volume de pagamentos da Visa nos Estados Unidos subiu 12,1%, para US$ 840 bilhões no seu terceiro trimestre encerrado em 30 de junho. Mais da metade do volume total de transações da empresa vêm do país.

O volume total de pagamentos saltou 38,4%, para US$ 1,860 trilhão, com base em um dólar constante.

O lucro líquido subiu para US$ 2,06 bilhões, ou US$ 0,86 por ação Classe A no trimestre, ante US$ 412 milhões, ou US$ 0,17, no mesmo período do ano passado.

VEJA TAMBÉM: Goldman Sachs tem lucro líquido no 2º tri, mas receita com renda fixa despenca

Os analistas esperavam, em média, ganhos de US$ 0,81, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

A Visa também aumentou a previsão de lucro para todo o ano. A empresa disse que agora espera que o lucro ajustado anual por ação suba cerca de 20%.

A receita operacional total saltou 26%, a US$ 4,57 bilhões, no terceiro trimestre, superando as estimativas de analistas de US$ 4,36 bilhões.

Comentários
Topo