Qualcomm acusa Apple de infringir seis patentes em iPhones e iPads

iStock
A Qualcomm disse que as patentes ajudam dispositivos a terem melhor desempenho sem drenar a carga de bateria. (iStock)

A fabricante de chips Qualcomm pedirá à Comissão de Comércio Internacional dos Estados Unidos que impeça a venda de alguns iPhones e iPads pela Apple no país, alegando que os produtos infringem seis patentes da Qualcomm.

LEIA MAIS: Como o iPhone mudou a Apple em uma década

Em um pedido que ampliaria sua batalha legal com a Apple, a Qualcomm disse que pedirá à Comissão que proíba as importações de dispositivos da Apple que violem as patentes. Um processo relacionado foi aberto em um tribunal federal na Califórnia nesta quinta-feira (6), com pedido de danos monetários.

A Qualcomm, que também fornece chips para a Apple, disse que as seis patentes ajudam dispositivos a terem melhor desempenho sem drenar a carga de bateria.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).