Negócios

Braskem tem lucro líquido consolidado de R$1,142 bi no 2º trimestre

Getty Images

O lucro ajustado da Braskem foi de R$ 3,029 bilhões no período (Getty Images)

A petroquímica Braskem registrou lucro líquido consolidado no segundo trimestre de R$ 1,142 bilhão, um salto de 316% em relação ao lucro de R$ 275 milhões registrado no mesmo período do ano passado, informou a empresa nesta quarta-feira (16).

LEIA MAIS: Braskem vai investir US$ 675 mi em 6ª fábrica de polipropileno nos EUA

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado foi de R$ 3,029 bilhões, alta de 1% ante o mesmo período do ano passado.

A companhia teve alta de 1% na receita líquida do período, a R$ 11,87 bilhões, e o custo dos produtos vendidos subiu 6%, para 9 bilhões.

A empresa operou sua capacidade instalada a 93% no trimestre no Brasil, um ponto percentual abaixo do nível de um ano antes e dois pontos a menos que no trimestre anterior devido à paradas para manutenção de unidades.

Às 11:11, as ações da Braskem exibiam alta de 2,9%, enquanto o Ibovespa tinha valorização de 0,3%.

O resultado financeiro da Braskem, excluindo Idesa, foi negativo em R$ 650 milhões no trimestre, redução de 49% sobre desempenho negativo de um ano antes.

VEJA TAMBÉM: Brasileira Braskem consolida-se como gigante internacional

A petroquímica terminou junho com caixa líquido de US$ 2,31 bilhões e uma relação dívida líquida sobre Ebitda em dólares de 1,63 vez (1,85 vez, se incluído o acordo com a justiça) ante 1,79 vez no fim de junho de 2016.

Em comunicado separado, a Braskem informou ter concluído os trabalhos com auditores independentes relativos aos balanços de 2016 e do primeiro trimestre deste ano, diante da revisão de dados após acordo de leniência da companhia com autoridades do Brasil e dos Estados Unidos.

Comentários
Topo