Tesla quer levantar US$ 1,5 bi para financiar produção do Model 3

Divulgação
A Tesla está contando com o Model 3 para se tornar uma fabricante de automóveis elétricos lucrativa e de grande porte (Divulgação)

A Tesla disse nesta segunda-feira (7) que pretende levantar cerca de US$ 1,5 bilhão com uma oferta de bônus, com a montadora dos Estados Unidos procurando acelerar a produção do seu mais novo sedã elétrico, o Model 3.

LEIA MAIS: Ações da Tesla sobem graças às apostas dos investidores no sucesso do Model 3

A oferta de dívida acontece no momento em que a Tesla recebe milhares de reservas antecipadas para o Model 3 – cerca de 1.800 por dia desde o lançamento do carro no final de julho.

A Tesla, de Elon Musk, está contando com o Model 3, seu carro mais barato, para se tornar uma fabricante de automóveis elétricos lucrativa e de grande porte.

No evento de lançamento, Musk disse que a empresa enfrentaria “pelo menos seis meses de inferno de produção”, conforme aumenta a fabricação do Model 3, que tem um preço inicial de US$ 35 mil.

VEJA TAMBÉM: Tesla recebe aval regulatório para iniciar produção do sedã Model 3

A fabricante tinha mais de US$ 3 bilhões em caixa no fim do trimestre encerrado em junho, em comparação com os US$ 4 bilhões no final do trimestre anterior e US$ 3,25 bilhões de um ano antes.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).