Negócios

Uber escolhe Dara Khosrowshahi, da Expedia, como novo presidente-executivo

Getty Images

Dara Khosrowshahi será o novo CEO da Uber (Getty Images)

A Uber Technologies escolheu no domingo (27) Dara Khosrowshahi, o presidente-executivo da empresa de viagens Expedia, como novo CEO, de acordo com duas fontes com conhecimento do assunto, entregando-lhe o desafio de liderar a empresa de serviços de transportes urbanos por aplicativo durante uma crise de quase um ano.

LEIA MAIS: Os 25 Melhores CEOs do Brasil

Khosrowshahi, de 48 anos, assumirá a tarefa assustadora de melhorar a imagem da Uber, reparar as relações desgastadas entre investidores, reconstruir a moral dos funcionários e criar um negócio lucrativo após sete anos de perdas.

Com a nova contratação, o conselho da Uber escolheu um executivo com um histórico de gerar crescimento ao mesmo tempo em que produz lucros – precisamente o que a não lucrativa Uber precisa para satisfazer os investidores. Ele também provou ser capaz de fazer da Expedia a líder em outra indústria cheia de mudanças e competição – o de viagens online.

Mas ele também terá que lutar com o legado de Travis Kalanick, o cofundador da Uber, que foi expulso do cargo em junho, depois que acionistas representando cerca de 40% do poder de voto da empresa assinaram uma carta pedindo que ele saísse da companhia em meio à crescente preocupação em relação a seu comportamento e de altos gerentes subordinados a ele.

VEJA TAMBÉM: Uber tem prejuízo de US$ 645 mi no 2º trimestre

O conselho de administração da Uber tem se reunido diariamente e deliberou sobre a escolha de um novo presidente-executivo durante todo o fim de semana. Uma porta-voz disse no domingo que o conselho votou, mas não quis divulgar sua escolha publicamente até que os funcionários fossem informados.

Um porta-voz da Uber e uma porta-voz da Expedia não quiseram comentar. Khosrowshahi não respondeu imediatamente a pedidos de comentário via email e Twitter.

Comentários
Topo