Negócios

Vivendi precisa dizer na segunda-feira se controla Telecom Italia

iStock

Caso a resposta seja afirmativa, grupo será forçado a consolidar as dívidas (iStock)

O grupo de mídia francês Vivendi terá que declarar na segunda-feira (7) se controla a Telecom Italia após um pedido do órgão regulador do mercado de capitais italiano Consob, segundo reportagem do jornal “Il Sole 24 Ore”.

LEIA TAMBÉM: Telecom Italia indica Amos Genish para gerente-geral de operações

O Consob fez o pedido por meio do órgão correspondente francês Autorité des Marchés Financiers (AMF) e a Vivendi terá que tornar pública sua resposta ao AMF, disse o jornal.

A influência da Vivendi no setor de telecomunicações da Itália tem estado sob escrutínio cada vez maior desde que a companhia conseguiu uma participação de 24% na Telecom Italia e assumiu 29% da maior emissora comercial do país, a Mediaset.

VEJA MAIS: Telecom Italia concorda em pacote de € 25 mi para saída de presidente

A Vivendi, o Consob e a AMF se recusaram a comentar a reportagem.

Caso a Vivendi declare seu controle efetivo da Telecom Italia, ela seria forçada a consolidar as dívidas do grupo em suas contas e daria ao governo de Roma terreno para intervir, como é permitido para companhias de interesse nacional, disse o jornal.

A Telecom Italia afirmou na sexta-feira (4) que seu conselho admitiu em 27 de julho que a Vivendi estava “dirigindo e coordenando” o grupo de telefonia. No entanto, a questão de se a Vivendi controla efetivamente a companhia não havia sido discutida.

Comentários
Topo