Negócios

7 passos para descobrir por que seu conteúdo não gera conversão

O conteúdo tem muitas funções: gerar valor para os usuários, fazer com que eles tenham mais confiança e familiaridade com a sua marca, melhorar a posição nos sites de busca e, ainda, ser uma plataforma para levar seus potenciais clientes à ação, assegurando mais conversões – e, consequentemente, receita – para seus negócios.

VEJA TAMBÉM: 12 tipos de conteúdo para construir uma forte presença online

No entanto, existe um cenário muito comum nos dias atuais: o conteúdo foi otimizado para gerar conversões e o fluxo de visitantes está estável, mas a taxa de retorno é baixa. Obviamente, nestes casos há um problema no funil de vendas e/ou na estratégia de conversão. Porém, identificar a raiz do problema pode ser um grande desafio.

Veja, na galeria de fotos, 7 passos para descobrir por que seu conteúdo não gera conversão:

  • Cheque seu processo de conversão
    Em primeiro lugar, dê uma olhada em seu processo de conversão. Passe pelo conteúdo como se você fosse um usuário comum, acessando-o pela primeira vez. Quanto tempo leva para preencher os formulários? Quanto tempo leva para passar pelo processo de saída? É fácil pagar? Se o seu processo de conversão for muito complicado – se levar um muito tempo, por exemplo, ou não carregar adequadamente nos diversos tipos de dispositivos – é claro que a taxa será pequena. Raramente este é o motivo principal, mas pode acontecer e é relativamente fácil de consertar. Apenas assegure-se de checar o processo em múltiplos dispositivos diferentes para ter uma visão ampla.

  • Meça diferenças na performance de conteúdo
    Em seguida, explore as métricas analíticas do seu website e descubra como está exatamente a performance do conteúdo. Isso pode trazer à tona uma das muitas causas possíveis para a baixa conversão. Se o seu conteúdo simplesmente não estiver trazendo tráfego, por exemplo, é um sinal de que não é atraente ou valioso o suficiente para realmente cativar sua audiência. Se você notar que parte dele é mais popular e tem uma taxa de conversão maior, você terá um indício do que realmente funciona. Anote tudo. Se você não notar nenhuma diferença significativa em taxas de conversão de conteúdo, você pode seguir em frente – e continuar procurando.

  • Revise seu público-alvo
    O próximo passo é analisar a audiência que você está buscando. O sucesso na conversão depende fortemente de quem e como você está mirando. Por exemplo: se o seu público-alvo chegar muito cedo ao funil de vendas, ele não estará pronto para comprar quando tiver acesso ao conteúdo – e não irá converter. Se você estiver focando nos usuários que estão mais adiante no funil (ou seja, aqueles prontos para comprar), mas não estiver usando o apelo certo, de forma a despertar um senso de urgência, eles podem passar pela sua oferta ou sair do seu site sentindo-se insatisfeitos.

  • Revise seu tráfego de entrada
    Em seguida, descubra de onde o seu tráfego de entrada está vindo, e como esse tráfego está convertendo. Isso pode ajudar a desvendar potenciais problemas com segmentos individuais da sua audiência. Se você notar, por exemplo, que todo o seu tráfego orgânico de SEO está convertendo bem, mas suas taxas de conversão vindas das redes sociais são muito menores, este pode ser um sinal de que você não está mirando os usuários de mídias sociais corretos com sua campanha, ou, ainda, que você deveria gastar mais tempo e dinheiro em sua estratégia de SEO (já que você sabe que ela está funcionando).

  • Crie mais conteúdo aprofundado e direcionado
    Direcione a sua atenção a melhoria da profundidade e da relevância de seu conteúdo. Gaste mais tempo criando menos posts com mais qualidade – afinal, qualidade é melhor do que quantidade – e conduza pesquisas para determinar o quanto a sua audiência gosta do seu conteúdo. Comentários de usuários, questionários e social listening podem ajudar a descobrir como está a eficiência do seu conteúdo e dar sinais de que suas melhorias o estão levando na direção certa.

  • Tente diferentes chamadas para a ação
    Se o seu conteúdo estiver no ponto e suas fontes de tráfego parecerem precisas e abundantes, o problema provavelmente está na natureza e na frequência de suas chamadas para ação. Você está incitando os usuários no início ou no fim do conteúdo? Você está usando discursos de venda diretos ou uma abordagem mais suave e sugestiva? Há muitos exemplos de chamadas para ação persuasivas, mas não há uma fórmula certeira – marcas e audiências são diferentes demais para que haja um modelo de estratégia que sirva para todo mundo. Em vez disso, sua melhor aposta é testar diferentes estilos e abordagens, e eliminar aquelas que não estão funcionando.

  • Meça, ajuste e repita
    Uma vez que você tiver completado todos os passos desta lista, você terá uma ideia mais concreta de como o seu conteúdo e suas chamadas para ação estão funcionando. Consequentemente, você terá em mãos uma sólida primeira remessa de estratégias experimentais para consultar. Nesse ponto, seu maior ativo é o método científico. Uma vez que você encontrar uma estratégia que funcione, você será tentado a usá-la o tempo todo, mas, na verdade, é melhor continuar experimentando, medindo e ajustando para aumentar a performance. Há sempre espaço para melhorias e para crescer, então continue a ajustar indefinidamente.

    Quanto mais profundo você for no aprendizado sobre otimização de conversão, mais você perceberá que ela é uma arte tanto quanto uma ciência. Há quem diga que existem “truques estranhos” para multiplicar suas taxas de conversão, mas a evidência para esses truques é limitada. É melhor aprender os fundamentos e aplicar as suas próprias mudanças, descobrir o que funciona para a sua marca especificamente em vez de entender o que funciona para todo mundo.

Cheque seu processo de conversão
Em primeiro lugar, dê uma olhada em seu processo de conversão. Passe pelo conteúdo como se você fosse um usuário comum, acessando-o pela primeira vez. Quanto tempo leva para preencher os formulários? Quanto tempo leva para passar pelo processo de saída? É fácil pagar? Se o seu processo de conversão for muito complicado – se levar um muito tempo, por exemplo, ou não carregar adequadamente nos diversos tipos de dispositivos – é claro que a taxa será pequena. Raramente este é o motivo principal, mas pode acontecer e é relativamente fácil de consertar. Apenas assegure-se de checar o processo em múltiplos dispositivos diferentes para ter uma visão ampla.

Comentários
Topo