Facebook dá novo passo para monetizar o WhatsApp

iStock
O serviço de mensagens é usado por mais de um bilhão de pessoas diariamente (iStock)

O Facebook está se preparando para monetizar o WhatsApp, serviço de mensagens usado por mais de um bilhão de pessoas diariamente, publicou o “Wall Street Journal” nesta terça-feira (5).

LEIA MAIS: Como evitar que o Facebook tenha acesso aos dados do WhatsApp

O WhatsApp testará novos recursos para facilitar a comunicação entre empresas e clientes no serviço de mensagens, informou o blog do aplicativo. “Estamos criando e testando novas ferramentas por meio do WhatsApp Business, aplicativo gratuito para pequenas empresas, e de uma solução empresarial para companhias maiores que operam em larga escala, com uma base global de clientes, como linhas aéreas, sites de comércio eletrônico e bancos”, diz a matéria.

O aplicativo de mensagens instantâneas já iniciou um programa piloto que apresenta um ícone verde ao lado de um contato comercial, indicando que o negócio foi verificado pelo serviço de mensagens. “Pretendemos cobrar das empresas no futuro”, disse o vice-presidente financeiro Matt Idema ao jornal.

A Reuters informou em março que uma potencial fonte de receita para o aplicativo seria cobrar de empresas que querem contatar clientes, citando documentos do próprio Facebook. Idema não descreveu os recursos nem disse quando seriam lançados.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).