Negócios

Pilgrim’s Pride compra Moy Park da JBS por US$ 1 bilhão

iStock

Em 2009, a JBS tornou-se acionista majoritária da Pilgrim’s ao adquirir uma fatia controladora por US$ 2,8 bilhões (iStock)

A processadora de carne de frango norte-americana Pilgrim’s Pride informou que comprou a Moy Park da brasileira JBS por cerca de US$ 1 bilhão.

LEIA MAIS: Justiça suspende por 15 dias assembleia de acionistas da JBS

O negócio será financiado por uma combinação de uso de caixa, crédito e notas de financiamento subordinadas, disse a Pilgrim’s. A transação avalia o capital da Moy Park em cerca de US$ 1,3 bilhão, segundo a empresa.

Em nota, a Pilgrim’s esclareceu que a operação foi aprovada por unanimidade por um comitê especial “formado inteiramente por diretores independentes eleitos para o conselho em votação controlada por acionistas não filiados à JBS”.

Em 2009, a JBS tornou-se acionista majoritária da Pilgrim’s ao adquirir uma fatia controladora por US$ 2,8 bilhões.

Segundo o presidente-executivo da Pilgrim’s, Bill Lovette, a compra da Moy Park está alinhada com os objetivos de expansão global da companhia. “A aquisição nos dá acesso aos atraentes mercados do Reino Unido e Europa, o que é um avanço em nossa estratégia de diversificação de portfólio para nos tornarmos mais globalizados enquanto reduzimos a volatilidade em nosso negócio”, afirmou Lovette em comunicado.

VEJA TAMBÉM: JBS anuncia investimento de R$ 30 mi na criação de empresa de fertilizantes

A Moy Park fornece 25% da carne de frango consumida na Europa Ocidental, informa o site da empresa, que é uma das 10 maiores empresas alimentícias do Reino Unido, com 13 unidades de processamento e produção na Irlanda do Norte, Inglaterra, França, Países Baixos e Irlanda.

A Moy Park está entre os ativos colocados à venda pela JBS para ajudar sua holding, a J&F Investimentos, a pagar por uma enorme multa após a companhia se envolver em um grande escândalo de corrupção no Brasil.

Em 20 de junho, a JBS anunciou um plano de desinvestimentos que a permitiria levantar até R$ 6 bilhões.

Comentários
Topo