Negócios

Uber quer parar de usar carros a diesel em Londres até o fim de 2019

iStock

A grande maioria das corridas da empresa será em veículos elétricos ou híbridos (iStock)

A Uber deixará de usar carros a diesel em Londres até o final de 2019 e a grande maioria das corridas será em veículos elétricos ou híbridos até lá, disse a empresa de aplicativo de transporte urbano nesta sexta-feira (8).

VEJA TAMBÉM: Novo CEO da Uber promete mudanças e prevê IPO em até 3 anos

No momento, a empresa diz que cerca de metade das corridas realizadas na capital britânica são realizadas com veículos mais ecológicos no UberX, serviço padrão de baixo custo da empresa.

Vários fabricantes de automóveis anunciaram planos nos últimos meses para eletrificar grande parte de seus novos carros, e a Volvo tornou-se a primeira grande montadora a estabelecer uma data para eliminar progressivamente veículos movidos exclusivamente a motor de combustão interna.

A Grã-Bretanha proibirá a venda de novos carros a gasolina e diesel a partir de 2040, reproduzindo planos da França e cidades como Madri, Cidade do México e Atenas.

LEIA MAIS: Uber é processado por falta de carros para cadeirantes em Nova York

A Uber, que tem cerca de 40.000 motoristas em Londres, vai oferecer somente modelos elétricos ou híbridos no UberX na virada da década e planeja fazer o mesmo até 2022 em todo o país.

“A poluição do ar é um problema crescente e estamos decididos a desempenhar nosso papel para enfrentá-lo com este plano ousado”, disse o chefe para cidades do Reino Unido da Uber, Fred Jones.

“Os londrinos já sabem que muitos carros em nosso aplicativo são híbridos, mas queremos ir muito mais longe e ter todos elétricos na capital”, disse ele.

A companhia disse na sexta-feira que ajudará seus motoristas que queiram mudar para carros mais ecológicos com um fundo de mais de £ 150 milhões ( US$ 197 milhões), pagando até £ 5.000 por troca de veículos a gasolina ou diesel.

Uber começará a construir o fundo no próximo mês com um investimento de £ 2 milhões e com o valor de £ 0,35 adicionado em cada tarifa obtida em Londres.

Comentários
Topo