Negócios

Bombardier estuda opções para negócios aeroespaciais

iStock

A Bombardier pode vender suas unidades de turbinas Q400 e de jatos regionais CRJ (iStock)

A fabricante canadense de trem e avião Bombardier está explorando opções para seus negócios aeroespaciais, incluindo a venda de algumas operações, informou a Bloomberg no último domingo (15).

LEIA MAIS: Embraer comemora decisão dos EUA contra Bombardier por subsídios

A empresa está considerando a eliminação de ativos, incluindo suas unidades de turbinas Q400 e de jatos regionais CRJ, segundo a agência, citando pessoas familiarizadas com o assunto.

A canadense também está buscando parcerias com outras empresas aeroespaciais, informou a Bloomberg. De acordo com a reportagem, a unidade europeia Airbus está entre os potenciais compradores.

A Bombardier não comentou o assunto, e a Airbus disse que não fala sobre rumores de mercado.

As fontes da Reuters na indústria de aviação que falaram na semana passada, no entanto, apresentaram dúvidas sobre o interesse da Airbus na Q400. A empresa europeia é acionista da ATR, que já controla 75% do mercado de turbinas e esse acordo provavelmente suscitaria preocupações antitruste.

Comentários
Topo